RECONHECIMENTO DO HAEMONCHUS CONTORTUS EM OVINOS POR MEIO DO OPENCV

  • Roberson Junior Fernandes Alves Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Ueliton Salvi
  • Vinicius Roman

Resumo

O agronegócio está em grande desenvolvimento e a ovinocultura destaca-se principalmente nas regiões Nordeste e Sul do Brasil. Contudo, a ovinocultura como qualquer outra atividade, sofre com as doenças, como a anemia em ovinos causado pelo helminto Haemonchus contortus. Um dos métodos de diagnóstico da anemia mais utilizado é o cartão FACHAMA. A ideia do app Ovimetro, desenvolvido para a plataforma Android, é permitir o diagnóstico da anemia classificando os animais que precisam ou não serem tratados por meio de um smartphone. Como o método utilizado no app baseia-se na coloração da mucosa ocular do animal, similarmente ao FAMACHA, foi utilizada a biblioteca OpenCV e um algoritmo de comparação de histogramas. A fase de treinamento do app envolveu a criação de uma base de dados com histogramas de fotos coletadas de animas, com anemia que variavam dos graus 1 a 5, na fazenda escola da UNOESC - SMO localizada na cidade de São Miguel do Oeste - SC. Na fase de testes o app chegou a uma taxa de acerto de aproximadamente 93%. Os resultados obtidos com o app são promissores e sua adoção permitir substituir o cartão FAMACHA. Com o uso do app será possível identificar clinicamente animais resistentes, resilientes e sensíveis às infecções parasitárias, otimizando o tratamento de forma seletiva em situações reais no campo, permitindo a redução de custos com medicamentos e melhorando a qualidade produtiva.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Fernandes Alves, R., Salvi, U., & Roman, V. (2018). RECONHECIMENTO DO HAEMONCHUS CONTORTUS EM OVINOS POR MEIO DO OPENCV. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18284
Edição
Seção
São Miguel do Oeste - Ensino