COMUNIDADE DE INVERTEBRADOS TERRESTRES EM PASTAGEM SOB APLICAÇÃO SUCESSIVA DE DEJETOS DE SUÍNOS NO SUL DO BRASIL

  • Kelly Fioreze Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • André Sordi Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Alceu Cericato Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Jackson Fábio Preuss Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC

Resumo

Este trabalho teve por objetivo avaliar as alterações nos atributos químicos do solo e a composição de invertebrados terrestres em pastagem submetida à aplicação sucessiva de ejeções suínas. O estudo foi realizado na Fazenda Nardino, localizada no município de Cunha Porã, SC. As coletas para determinação de fósforo, potássio, pH, carbono orgânico e densidade foram realizadas em 10 pontos de coleta em cada tipo de pastagem, nas camadas de 0-5, 5-10, 10-20, 20-30 cm de profundidade do solo. Foi instalado um conjunto 30 armadilhas de queda em cada um dos ambientes. A aplicação de ejeção líquido suína aumentou significativamente a concentração de P na superfície do solo e o tornou mais ácido. Ao todo foram coletados 24024 indivíduos, distribuídos em 22 grupos taxonômicos de invertebrados. A fauna edáfica é composta por organismos pertencentes aos filos Arthropoda (99,43%), Annelida (0,09%) e Mollusca (0,47%). Apesar da alta similaridade da comunidade de invertebrados (r = 0,98) entre os ambientes analisados, percebe-se que a sucessiva aplicação de ejeções suínas afetou negativamente os invertebrados edáficos sensíveis às variações ambientais. A abundância não foi determinada estatisticamente pela temperatura, umidade relativa do ar e pluviosidade média mensal, entretanto, é possível perceber uma relação entre a abundância dos invertebrados e a curva da pluviosidade. Para avaliar a ação ecotoxicológica do emprego ejeções suínas como fertilizante agrícola sobre os ecossistemas, são necessários mais estudos sistematizados em longo prazo.

Biografia do Autor

Kelly Fioreze, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Acadêmica do curso de Agronomia
André Sordi, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Eng. Agrônomo. Mestre em Ciências do Solo; Professor da Universidade do Oeste de Santa Catarina.
Alceu Cericato, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Eng. Agrônomo. Doutor em Administração; Professor da Universidade do Oeste de Santa Catarina.
Jackson Fábio Preuss, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Biólogo. Mestre em Ciências Ambientais; Professor da Universidade do Oeste de Santa Catarina.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Fioreze, K., Sordi, A., Cericato, A., & Preuss, J. (2018). COMUNIDADE DE INVERTEBRADOS TERRESTRES EM PASTAGEM SOB APLICAÇÃO SUCESSIVA DE DEJETOS DE SUÍNOS NO SUL DO BRASIL. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18218
Edição
Seção
São Miguel do Oeste - Pesquisa