PRODUÇÃO DE CALDA BASE ZERO LACTOSE PARA PRODUÇÃO DE SORVETE

  • Eliane Maria De Carli UNOESC
  • Daiane Pengo UNOESC
  • Marcia Eliza Cattanio UNOESC

Resumo

 

O interesse por produtos alimentícios saudáveis, nutritivos e de grande aproveitamento tem crescido mundialmente, o que resulta em diversos estudos para atender esse público. Deste modo, este mercado possui um elevado potencial de crescimento e há muito espaço a ser conquistado com produtos diferenciais e inovadores. O sorvete é o produto lácteo obtido pelo congelamento de uma mistura pasteurizada de ingredientes. Este trabalho objetivou acompanhar a produção da calda base teste para a produção de sorvete zero lactose sabor frutas tropicais. A lactose é o açúcar presente no leite, que é composto por dois monossacarídeos: a glicose e a galactose. A intolerância à lactose, também conhecida como deficiência de lactase, é a incapacidade de digerir a lactose, devido à ausência ou quantidade insuficiente de enzimas digestivas. Para que possa ser absorvida pelo organismo, é necessário que a lactose seja hidrolisada em galactose e glicose, pela ação da enzima lactase. No entanto, o sorvete zero lactose é uma alternativa no mercado brasileiro para os consumidores que apresentam intolerância a este tipo de açúcar. Com este trabalho foi possível concluir que seguir criteriosamente as etapas de fabricação pode-se garantir um produto que pode ser consumido por um público que tem restrição ao açúcar do leite.

Biografia do Autor

Eliane Maria De Carli, UNOESC
Professora e  Coordenadora do Curso de Engenharia de Alimentos.
Daiane Pengo, UNOESC
Engenheira de Alimentos
Marcia Eliza Cattanio, UNOESC
Professora do Curso de Engenharia de Alimentos da Unoesc.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
De Carli, E., Pengo, D., & Cattanio, M. (2018). PRODUÇÃO DE CALDA BASE ZERO LACTOSE PARA PRODUÇÃO DE SORVETE. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18130