ATRIBUTOS QUÍMICOS DE UM LATOSSOLO VERMELHO APÓS NOVE ANOS DE APLICAÇÃO DE DEJETOS LÍQUIDOS DE SUÍNOS

  • Milton da Veiga Unoesc
  • Carla Maria Pandolfo Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

A aplicação de dejetos animais com o objetivo de fornecer nutrientes às culturas pode resultar em acúmulo de alguns elementos químicos no perfil do solo. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da aplicação de dejeto líquido de suínos sobre os atributos químicos de um Latossolo Vermelho, sob sistema de plantio direto. Os tratamentos consistiram da aplicação de 50, 100 e 200 m3 ha‑1 ano-1 de dejeto líquido de suínos e de um controle, com reposição das quantidades de P e K exportadas nos grãos colhidos. As doses de DLS foram aplicadas em duas parcelas, sendo 50% antes da semeadura das plantas de cobertura do solo de inverno e 50% antes da semeadura das culturas comerciais de verão. Os atributos relacionados à reação química do solo, ao complexo de troca do solo e aos teores de nutrientes foram determinados em amostras de solo coletadas no nono ano de experimentação, nas camadas de 0–0,025 e 0,025–0,05; 0,05–0,10, 0,10–0,20, 0,20–0,40 e 0,40–0,60 m de profundidade do solo. A aplicação contínua de altas doses de dejeto líquido de suínos na superfície de Latossolo Vermelho em sistema plantio direto acidifica o solo e aumenta os teores de Al, P, Cu e Zn até 0,20 m de profundidade, e os de K até 0,60 m de profundidade.

Biografia do Autor

Milton da Veiga, Unoesc
Professor e Coordenador do curso de Agronomia do Campos Aproximado de Campos Novos da Unoesc.
Carla Maria Pandolfo, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Professora do curso de Agronomia de Campos Novos.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
da Veiga, M., & Pandolfo, C. M. (2018). ATRIBUTOS QUÍMICOS DE UM LATOSSOLO VERMELHO APÓS NOVE ANOS DE APLICAÇÃO DE DEJETOS LÍQUIDOS DE SUÍNOS. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18124
Edição
Seção
Joaçaba - Pesquisa