COMPETITIVIDADE DOS ESCRITÓRIOS DE CONTABILIDADE DE SANTA CATARINA À LUZ DA VISÃO BASEADA EM RECURSOS

  • Jaqueline Spadotto UNOESC
  • Karine Motter UNOESC
  • David Rodrigo Petry UNOESC - Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Betania De Marco UNOESC

Resumo

Este estudo objetivou evidenciar quais recursos organizacionais, à luz da Visão Baseada em Recursos (RBV), os escritórios de contabilidade de Santa Catarina possuem para criar vantagem competitiva. Esta teoria aborda que as fontes de vantagem competitiva de uma organização são seus recursos internos e aplica-se no modelo VRIO, o qual relaciona quatro perspectivas, que são: recursos valiosos, raros, inimitáveis e organizáveis. Para o estudo, realizou-se uma pesquisa quantitativa de cunho descritivo, por meio de método survey, aos contadores dos escritórios contábeis de Santa Catarina. Para interpretação dos resultados obtidos com os questionários, foram realizadas análises de frequências e aplicados os testes alfa de Cronbach, normalidade de dados, análise fatorial exploratória, teste T e ANOVA. Os recursos que se destacaram foram, as metodologias de trabalho inovadoras e tecnologias diferenciadas ao se tratar dos recursos raros, serviços de qualidade e bom atendimento quanto aos recursos valiosos, constante aprimoramento dos funcionários e reputação em relação aos recursos inimitáveis, e melhoria contínua dos processos/serviços prestados e comunicação organizacional interna tratando-se dos recursos organizáveis. Ao final, apresentam-se as limitações e sugestões para novas pesquisas.

Biografia do Autor

David Rodrigo Petry, UNOESC - Universidade do Oeste de Santa Catarina
Mestrando Profissional em Administração - Ênfase em Agronegócio pela Unoesc - Chapecó; Pós-Graduado em Planejamento Estratégico - Controladoria e Finanças pela UNOESC - Xanxerê (2014). Graduado em Ciências Contábeis pela UNOESC - Xanxerê (2013). Experiência na área de Compras de 3 anos. Atuou como Supervisor de Suprimentos e Logística em uma Indústria Metalúrgica. Atualmente é Sócio-Administrador de uma indústria de alimentos, atua como Gerente Administrativo em uma Holding de Participações S/A de Capital Fechado. Perito Contábil da 12ª Vara do Trabalho de Santa Catarina - Xanxerê.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Spadotto, J., Motter, K., Petry, D., & De Marco, B. (2018). COMPETITIVIDADE DOS ESCRITÓRIOS DE CONTABILIDADE DE SANTA CATARINA À LUZ DA VISÃO BASEADA EM RECURSOS. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18106
Edição
Seção
Xanxerê - Ensino