A INCORPORAÇÃO DA RACIONALIDADE NEOLIBERAL NA EDUCAÇÃO E OS DESAFIOS DA FORMAÇÃO COMO BILDUNG

  • Marcio Giusti Trevisol UNOESC

Resumo

O resumo aponta como a racionalidade neoliberal têm colonizado o campo educativo empregando na escola uma cultura empresarial. O neoliberalismo como racionalidade, institui uma normatização da vida na sua totalidade a partir de valores referenciais que passam a organizar as instituições e a própria subjetividade. Neste sentido, nosso movimento de pesquisa vai ao encontro de pontuar como a razão de mundo ancorada nos princípios neoliberais colonizam educação e, sobretudo, a escola, tornando-a uma instituição que se organiza e opera a partir de uma cultura empresarial. A tese fundamenta-se na defesa que a escola não deve ser tratada como uma empresa, sob pena de produzirmos experiências formativas contrárias aos ideais republicanos de educação. A pesquisa caracteriza-se como exploratória com abordagem teórico-bibliográfico e documental. A escrita investigativa, dialoga com os autores Dardot e Laval (2016) e com o documento da Comissão Europeia (1995). Portanto, a racionalidade neoliberal baseada nos princípios de concorrência, competividade e eficiência passa a organizar as escolas tornando-as empresas. A lógica empresarial no espaço escolar diminui experiências formativas democráticas. Por isso, a escola como espaço educativo deve ser refletido a luz de certos referenciais que não sejam da racionalidade neoliberal.

Biografia do Autor

Marcio Giusti Trevisol, UNOESC
Mestre em Ética e Filosofia Política (UFSC). Professor da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) onde ministra o compomente Curricular de Ciência Política e Ética e Sociedade.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Trevisol, M. G. (2018). A INCORPORAÇÃO DA RACIONALIDADE NEOLIBERAL NA EDUCAÇÃO E OS DESAFIOS DA FORMAÇÃO COMO BILDUNG. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17924
Edição
Seção
Joaçaba - Ensino