REMOÇÃO DE CROMO DO EFLUENTE DA INDÚSTRIA DE PROCESSAMENTO DE COURO UTILIZANDO CARVÃO ATIVADO

  • Leonardo Henrique de Oliveira UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA
  • Luiz Gustavo Denbinski Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

O cromo é um dos principais poluentes provindos da indústria coureira, da etapa de curtição do couro, cuja concentração deve ser controlada para o devido descarte do efluente em rios ou mares. A adsorção é uma das principais técnicas a serem utilizadas para a remoção de impurezas contidas em efluentes. O processo de adsorção visa a adesão de moléculas de um fluido (adsorvato), por meio de forças físicas ou químicas, que atraem o adsorbato para uma superfície sólida (adsorvente). Dessa forma, moléculas ou íons existentes em um fluido, considerados contaminantes, podem ser removidos. Uma grande variedade de materiais vendo sendo aplicado na remoção de metais, entre eles o carvão ativado. Um dos fatores que influenciam o sistema de adsorção é a massa de adsorvente utilizada nos experimentos. Dessa forma, essa pesquisa teve como objetivo determinar a eficiência do carvão ativado na remoção de cromo. As massas utilizadas foram 0,25, 0,5 e 1,0 g  para cada 50 mL de efluente. Os dados iniciais de cinética demonstraram que o tempo de adsorção foi superior a 3 horas e após 12 horas de experimentos a eficiência de remoção foi de 70%.

Biografia do Autor

Leonardo Henrique de Oliveira, UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA
Professor Assistente da Área de Ciências Exatas e Tecnológicas da Universidade do Oeste de Santa Catarina
Luiz Gustavo Denbinski, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Graduando do Curso de Engenharia Química
Publicado
28-08-2018
Como Citar
de Oliveira, L., & Denbinski, L. (2018). REMOÇÃO DE CROMO DO EFLUENTE DA INDÚSTRIA DE PROCESSAMENTO DE COURO UTILIZANDO CARVÃO ATIVADO. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17919