A RELAÇÃO ENTRE TEMPO GASTO SENTADO E O ACOMETIMENTO POR DOR MUSCULOESQUELÉTICA EM ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

  • Augusto Kuipers
  • Patrick Zawadzki Universidade do Oeste de Santa Catarina. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Resumo

A rápida e constante evolução do mundo tecnológico levou a humanidade a adotar com frequência a posição sentada (PS) em suas atividades diárias. Evidências científicas demonstram que a posição sentada aumenta significativamente as taxas de mortalidade, o desenvolvimento de posturas inadequadas e a obtenção de dores e disfunções musculoesqueléticas na população. As regiões lombar e cervical possuem as maiores prevalências de acometimento por dor, visto que são regiões suscetíveis a este fenômeno enquanto a PS em excesso é adotada. O objetivo deste estudo foi encontrar uma possível relação entre o tempo gasto na PS e o acometimento por dor em acadêmicos do 7º período do curso de Educação Física da UNOESC, de Chapecó. Foi utilizado um questionário autopreenchível contendo 3 partes: uma anamnese de cunho descritiva, o questionário nórdico padronizado para detecção das regiões acometidas por dor e duas questões referentes ao tempo gasto sentado. Os resultados do estudo demonstraram relação positiva entre o tempo gasto na PS e o acometimento por dor na região cervical (p<0,05 e r=0,50). Estes resultados corroboram com os de outros estudos, e ainda, propõem números que alertam os profissionais da saúde e a população na conscientização dos efeitos da postura sentada sobre a saúde das pessoas. Pesquisas que avaliem a ergonomia da postura sentada durante a atividade acadêmica, principalmente aquelas adotadas com o uso diário e prolongado de computadores portáteis, são necessárias para garantir qualidade de vida universitária.

Biografia do Autor

Patrick Zawadzki, Universidade do Oeste de Santa Catarina. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Mestrando em Ciências do Movimento Humano, pelo CEFID-UDESC. Doutorando em Educaçao Física, Atividade Física e Esporte pelo INEFC_UB. Professor da UNOESC-Chapecó.

Publicado
28-08-2018
Como Citar
Kuipers, A., & Zawadzki, P. (2018). A RELAÇÃO ENTRE TEMPO GASTO SENTADO E O ACOMETIMENTO POR DOR MUSCULOESQUELÉTICA EM ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17765
Edição
Seção
Chapecó - Pesquisa