EFEITOS DA LIBERAÇÃO MIOFASCIAL NO NÍVEL DE DOR DA REGIÃO LOMBAR E DE FLEXIBILIDADE EM UMA ATLETA DE GINÁSTICA RÍTMICA: UM ESTUDO DE CASO

  • Augusto Kuipers
  • Tatiane Soares Floss
  • Patrick Zawadzki Universidade do Oeste de Santa Catarina. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Resumo

Na ginástica desportiva, altos níveis de coordenação, resistência, agilidade, flexibilidade, força e equilíbrio são exigidos para que as composições coreográficas e rítmicas sejam realizadas.         O número de lesões no esporte é um fenômeno que acompanha esta exigência, de tal modo que aumenta proporcionalmente ao volume  de treinamento. Atualmente, existem inúmeras técnicas de reabilitação e prevenção de lesões para diversas modalidades, entretanto, uma que demonstra ser interessante e ainda não firmemente sustentada pela literatura é a liberação miofascial.    O objetivo deste trabalho foi investigar os efeitos da técnica de liberação miofascial sobre o nível de dor da região lombar e de flexibilidade da cadeia posterior em uma atleta de ginástica ritmica.  Uma periodização linear foi montada, com tempo de aplicação determinado para 2 meses. O macrociclo compôs-se de 2 mesociclos, um para cada mês de aplicação, aos quais se diferenciavam pela intensidade de aplicação e pelos instrumentos utilizados. Cada unidade de treino possuía uma avaliação inicial e final, composta pela aplicação de uma escala visual analógica de dor (0 a 10) e pelo teste de flexibilidade sentar e alcançar (PROESP-BR). Os resultados deste estudo mostraram uma redução gradativa e significante do nível de dor (8 no início para 1 no dos 2 meses). A flexibilidade da cadeia posterior também demonstrou aumentar gradativamente,  obteve o máximo de 21cm, sendo 16cm a mais do que a primeira avaliação.

Biografia do Autor

Patrick Zawadzki, Universidade do Oeste de Santa Catarina. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Mestrando em Ciências do Movimento Humano, pelo CEFID-UDESC. Doutorando em Educaçao Física, Atividade Física e Esporte pelo INEFC_UB. Professor da UNOESC-Chapecó.

Publicado
28-08-2018
Como Citar
Kuipers, A., Floss, T. S., & Zawadzki, P. (2018). EFEITOS DA LIBERAÇÃO MIOFASCIAL NO NÍVEL DE DOR DA REGIÃO LOMBAR E DE FLEXIBILIDADE EM UMA ATLETA DE GINÁSTICA RÍTMICA: UM ESTUDO DE CASO. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17763
Edição
Seção
Chapecó - Extensão