AVALIAÇÃO DO EFEITO DA PELETIZAÇÃO DE RAÇÕES SOBRE O DESEMPENHO PARA FRANGOS DE CORTE

  • FRANCISCO MATEUS ZANANDREA UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA
  • TIAGO GOULART PETROLLI UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

Resumo

Avaliou-se o efeito da forma física da ração sobre o desempenho para frangos de corte, para rendimento de carcaça, rendimento de órgãos, índices produtivos e rentabilidade da produção. A pesquisa foi conduzida no laboratório de produção de aves da UNOESC, campus de Xanxerê. Foram utilizados 120 animais da linhagem Cobb, divididos em dois tratamentos com 6 repetições cada. Os animais foram alojados no galpão experimental em boxes (unidades experimentais) de 2m2, sobre cama de maravalha nova. As rações eram fornecidas em dois programas, sendo inicial (1-21 dias de idade) e final (22-42 dias de idade), sendo fornecidas à vontade durante todo o período experimental. O fornecimento de ração peletizada para os frangos do tratamento T2, foi de cinco dias que antecederam o abate. O uso de ração peletizada nos cinco dias que antecedem o abate dos animais, proporciona um melhor rendimento de carcaça nos animais, melhor rendimento de órgãos e melhor custo benefício. Com o uso de rações peletizadas, podemos comprovar que o preço, ainda por ser mais cara que a farelada, compensa pelo fato que haver um melhor rendimento da carcaça dos animais abatidos.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
ZANANDREA, F. M., & PETROLLI, T. G. (2018). AVALIAÇÃO DO EFEITO DA PELETIZAÇÃO DE RAÇÕES SOBRE O DESEMPENHO PARA FRANGOS DE CORTE. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17761
Edição
Seção
PIBITI - CNPq