EDUCAÇÃO SAÚDE E DESCONTRAÇÃO: USUÁRIOS DA REDE CAPS DE UM MUNICÍPIO DO OESTE DE SANTA CATARINA

  • Elenir Salete Frozza Salvi Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

O objetivo do projeto é estimular o grupo de Saúde Mental de uma Unidade de Saúde de um município do Oeste de Santa Catarina, a buscar alternativas saudáveis, para promoção da saúde. O projeto foi realizado concomitante a fila de espera da consulta médica, em usuários da saúde mental. A abordagem foi realizada com foco nas plantas medicinais. A finalidade do projeto é estimular ao uso de chás nas diferentes patologias, como forma de preservar os saberes populares e ampliar debates sobre cultivo, processamento e uso de plantas medicinais. A Portaria 971 de 03 de maio de 2006, aprova a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC)no Sistema Único de Saúde, com isso,  a inserção desses serviços nas práticas de saúde se tornou obrigatória.  O uso de plantas medicinais na arte de curar é uma forma de tratamento de origem  muito antiga, relacionada aos primórdios da medicina e fundamentada no acúmulo de informações por sucessivas gerações. Ao longo dos séculos, produtos de origem vegetal constituíram as bases para tratamento de diferentes doenças. Dessa forma aborda-se a sincronia que existe entre o ser humano e a natureza.  A proposta é  auxiliar esse público a viver de forma saudável e encorajá-los a prestar seu próprio cuidado por meio de uma educação continuada. O projeto vem de encontro com a missão da Unoesc que é de promover o desenvolvimento regional e do curso de enfermagem que visa trabalhar programas de viver saudável da população e consolidação da enfermagem como prática social.

Biografia do Autor

Elenir Salete Frozza Salvi, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2000) e graduação em Enfermagem pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2006). Especialista em Saúde Mental Coletiva pela Unoesc-Campus de Chapecó. Mestranda do Programa de Pós Graduação Stricto Sensu - Mestrado Acadêmico em Educação da Unoesc, vinculada à linha de pesquisa "Educação, Políticas Públicas e Cidadania" e pesquisando atualmente os seguintes temas: educação permanente e políticas públicas de saúde. Tem experiência na área de Gerência no Serviço de Enfermagem e Enfermagem Administrativa, MBA em Ciências da Saúde - Área de Concentração em Urgências. Atualmente é coordenadora e professora titular no Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade do oeste de Santa Catarina, (Campus de Xanxerê/SC).
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Frozza Salvi, E. (2018). EDUCAÇÃO SAÚDE E DESCONTRAÇÃO: USUÁRIOS DA REDE CAPS DE UM MUNICÍPIO DO OESTE DE SANTA CATARINA. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17757
Edição
Seção
Xanxerê - Extensão