PLANO DE MARKETING PARA A EMPRESA COMIDA DO BEM

  • Jociani Rech Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Elis Regina Mulinari Zanin Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC

Resumo

Este trabalho tem como objetivo desenvolver um plano de marketing para a empresa Comida do Bem de São Miguel do Oeste. Visto que o plano de marketing é uma ferramenta muito utilizada no momento para projetar os rumos da empresa e auxiliar a gestão na tomada de decisão. Para tanto, a pesquisa foi desenvolvida de forma descritiva e o método utilizado foi por meio de um estudo de caso, sendo elaborado um roteiro de entrevista com o intuito de obter informações mais detalhadas do negócio e propor sugestões que possam contribuir para o crescimento da empresa. Os dados foram apresentados por meio da matriz SWOT (Forças - Strengths, Fraquezas - Weaknesses, Oportunidades - Opportunities e Ameaças - Threats), para avaliar os pontos fortes e fracos, ameaças e oportunidades do negócio, sendo possível traçar ações para aprimorar o negócio. Como ações estratégicas de marketing, o estudo propôs: a) Divulgar em outdoor, rádio, jornal, redes sociais, revista SOS Saúde; b) Promover a fidelização de clientes; c) Promover marketing cooperado: parcerias com nutricionistas e academias. d) Criar campanha Semana do Bem; e) Patrocinar eventos esportivos; f) Realizar campanhas de sensibilização sobre alimentação saudável; g) Fornecer adesivos infantis; h) Buscar parcerias com indústrias e hospitais para fornecer um almoço mensal/semanal para os colaboradores como forma de sensibilização; e, i) Buscar parcerias com escolas particulares para fornecer lanches. O estudo foi de extrema importância para os proprietários do negócio, visto que pretendem ampliar a rede em formato de franquia.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Rech, J., & Zanin, E. (2018). PLANO DE MARKETING PARA A EMPRESA COMIDA DO BEM. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17754