GRUPOS SOCIAIS DE ECONOMIA CIRCULAR - UMA ANÁLISE NETNOGRÁFICA

  • Celi Adriana Rebellato Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campus Chapecó
  • Simone Sehnem Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campus Chapecó

Resumo

O objetivo da pesquisa visa analisar os grupos sociais de economia circular disponíveis no linkedin. Foram identificados 78 grupos via inserção do termo "circular economy" no campo inicial de busca do linkedin e no campo Grupos. Foi efetuada uma análises das páginas online desses grupos e enviado convite para iniciar o processo de interação com os grupos. Os grupos analisados foram idealizados em 23 países distintos. A principal implicação gerencial deste estudo consiste em ilustrar a rede de network possível de ser construída para disseminar a economia circular, via baixo custo de adesão, alta capilaridade dos grupos e potencial imenso para promover mudanças, desde que a cultura dos adeptos permita se engajar efetivamente nos processos de melhoria contínua rumo a economia circular. Os grupos servem principalmente como plataformas digitais para interação de pessoas simpatizantes do tema, divulgação de boas práticas de economia circular, realização de negócios, articulação de consultorias e assessorias na temática, discussão e educação sobre o tema.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Rebellato, C., & Sehnem, S. (2018). GRUPOS SOCIAIS DE ECONOMIA CIRCULAR - UMA ANÁLISE NETNOGRÁFICA. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17749
Edição
Seção
PIBIC- CNPq