A ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO DIANTE DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

  • Ana Paula Garaes Tosati UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA - UNOESC
  • Júlia Rossetto Marchetti Universidade do Oeste de Santa Catarina - Unoes

Resumo

Pesquisadores: TOSATI, Ana Paula de Garaes e MARCHETTI, Júlia Rossetto

Curso:Enfermagem

Área: Ciências da Vida e Saúde

 

Resumo: Atualmente a violência contra a mulher vem sendo tratada como um crime subnotificado e um grave problema de saúde pública devido ao aumento de casos registrados em todo mundo. É um fenômeno que atinge diversas classes sociais e tem sido fundamentada através das relações de poder e hierarquia entre homens e mulheres devido as desigualdades existentes, é considerada uma grave violação dos direitos humanos. A violência é definida como uso da força física, poder, ameaça praticada contra si ou qualquer outra pessoa, grupo ou comunidade que resulte ou possibilite em lesão, dano psicológico, deficiência ou privação e a morte. A forma mais comum de violência contra a mulher é praticada pelo próprio parceiro. No Brasil a violência é passível de punição ao agressor e medidas de proteção à vítima. Embora a violência não se configure como especificidade da saúde, produz impacto direto através dos danos causados. Com base nisso é necessário estabelecer medidas para prevenção, promoção e tratamento das vítimas de violência e principalmente a capacitação dos profissionais de saúde responsáveis pelo acolhimento. O enfermeiro tem papel fundamental no acolhimento da vítima, onde são trabalhadas com tecnologias leves, para criar uma relação de cuidado que permita a vítima se sentir segura e cuidada. Adota-se uma postura de ouvir suas queixas no serviço de saúde, possibilitando a identificação de casos de violência contidas no silêncio, medo ou vergonha. A violência contra a mulher é assunto de extrema relevância com consequências importantes à saúde da mulher e de sua família.

 

Palavras chave: Enfermagem.Violência. Mulher.

E-mails: ana.garaes@gmail.comjulinharm@yahoo.com.br

 

Biografia do Autor

Ana Paula Garaes Tosati, UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA - UNOESC
Acadêmica da 8 fase do Curso de Enfermagem da Unoesc Xanxerê
Júlia Rossetto Marchetti, Universidade do Oeste de Santa Catarina - Unoes
Enfermeira. Mestre em saúde e gestão do trabalho. Professora do Colegiado de Enfermagem da Unoesc Xanxerê.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Tosati, A. P. G., & Marchetti, J. R. (2018). A ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO DIANTE DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17745
Edição
Seção
Xanxerê - Pesquisa