Avaliação da expressão da proteína A33 como marcador de células tumorais circulantes em câncer colorretal.

  • Karina Ribeiro da Silva Universidade Do Oeste De Santa Catarina
  • Shaline Ferla Baptistella Universidade do oeste de santa catarina
  • Antuani Rafael Baptistella Universidade do Oeste De Santa Catarina

Resumo

Introdução: O câncer colorretal (CCR) compreende os tumores que acometem o cólon e o reto. A disseminação do câncer necessita da presença de células tumorais circulantes (CTCs), que são células provenientes do tumor primário encontradas na circulação sanguínea. Um dos usos mais promissores da pesquisa por CTCs é o de identificar precocemente tumores em grupos de indivíduos de alto risco.  A proteína A33 tem sido descrita como marcador tecido-específico, encontrada em cerca de 95% dos tumores colorretais além de mostrar relação direta com o grau de diferenciação do tumor. Objetivo: Avaliar a expressão da proteína A33 como marcador tecido-específico em células tumorais circulantes de pacientes com câncer colorretal. Método: Foi coletado 5 ml de sangue periférico de 6 pacientes com câncer colorretal atendidos no ambulatório de oncologia do Hospital Universitário Santa Terezinha de Joaçaba. O isolamento das CTCs do sangue periférico foi realizado utilizando o sistema ScrenCell® Cyto e a avaliação da expressão da proteína A33 nas CTCs foi feita por imunocitoquímica, utilizando o anticorpo primário anti-A33. Resultados: A amostra foi composta por 6 pacientes, com idade média de 60,5 anos, sendo 2 tumores de reto e 4 de cólon. A positividade para a proteína A33 em CTCs foi observada em 3 pacientes, sendo 2 com adenocarcinoma de reto e 1 de cólon. Além disso, a positividade para A33 não teve relação com as características clínico-patológica ou com o desfecho dos pacientes. Conclusão: A proteína A33 pode ser um marcador tecido específico para CTCs oriundas de tumores de reto.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Ribeiro da Silva, K., Ferla Baptistella, S., & Baptistella, A. (2018). Avaliação da expressão da proteína A33 como marcador de células tumorais circulantes em câncer colorretal. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17703