NÍVEIS DE BEM-ESTAR PSICOLÓGICO E ATIVIDADE FÍSICA EM ACADÊMICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

  • Cassio Mariano Martins da Silva
  • Susana Padoin
  • Aline Cviatkovski
  • Sayonara de Fátima Teston
  • Patrick Zawadzki Universidade do Oeste de Santa Catarina. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Resumo

A prática de atividade física está diretamente ligada a qualidade de vida, podendo modificar a estrutura e o funcionamento orgânico em múltiplos aspectos. O bem-estar psíquico é fundamental para se ter equilíbrio, pois com a mente sã qualquer atividade trará benefícios apontados nos indivíduos através da satisfação com a vida, maior autoestima, e consequentemente, seguirão com estilos e hábitos de vida mais saudáveis. Em razão disso, este estudo buscou correlacionar os níveis de atividade física e bem-estar em acadêmicos de educação física, comparando por fase e sexo os cursos de bacharelado com licenciatura. Foram avaliados 136 acadêmicos do curso de educação física, através de aplicação do questionário IPAQ-SF e a escala de Bem-Estar Psicológico. Os resultados mostraram que não há relação entre os construtos bem-estar psicológico e nível de atividade física registrados pelos instrumentos da pesquisa, entretanto, foi observado que os homens que cursam licenciatura apresentam maiores nível de atividade física na primeira, terceira e quinta fase, já as mulheres que cursam o bacharelado apresentaram maiores níveis na primeira quinta e sétima fase. Quanto aos níveis de bem-estar psicológico, os homens obtiveram maior pontuação na dimensão autonomia e as mulheres em autoaceitação. Aponta-se a necessidade de construção de instrumentos de avaliação do bem-estar que possuam peso amostral no âmbito da Educação Física. Isto permitirá ampliar o entendimento sobre os benefícios psicológicos da prática da atividade física.

Biografia do Autor

Patrick Zawadzki, Universidade do Oeste de Santa Catarina. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Mestrando em Ciências do Movimento Humano, pelo CEFID-UDESC. Doutorando em Educaçao Física, Atividade Física e Esporte pelo INEFC_UB. Professor da UNOESC-Chapecó.

Publicado
28-08-2018
Como Citar
Silva, C., Padoin, S., Cviatkovski, A., Teston, S., & Zawadzki, P. (2018). NÍVEIS DE BEM-ESTAR PSICOLÓGICO E ATIVIDADE FÍSICA EM ACADÊMICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17676