EDUCAÇÃO E SUSTENTABILIDADE NO DESENVOLVIMENTO DE HORTAS ORGÂNICAS

  • Luiz Paulo Rauber Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Milton da Veiga
  • Juliane Brogliato Albuquerque
  • Juglans Aimi Severo
  • Felipe MArchiori Mucke
  • José Eduardo Spilmann

Resumo

A universidade é um espaço de produção e disseminação de conhecimentos, onde as ações de extensão são voltadas à comunidade com o objetivo de  compartilhar o conhecimento vigente. Neste contexto, a introdução de hortaliças orgânicas e especiarias na mesa da população brasileira apresenta vantagens, dentre as quais pode-se citar: i) o uso de recursos naturais (solo e água) para a produção orgânica; ii) conscientização da população quanto a medicina preventiva, baseado em alimentos saudáveis  produzidos nas hortas orgânicas. O objetivo deste trabalho foi dar continuidade à ação de extensão que vem sendo desenvolvida desde o ano 2017, qual seja a implantação e condução de hortas no sistema orgânico de produção nas escolas e instituições públicas/filantrópicas, para que as mesmas possam utilizar esses produtos na alimentação das pessoas que ali frequentam. As atividades foram desenvolvidas pelos acadêmicos dos cursos de Agronomia, Administração e Pedagogia oferecidos no Campus de Campos Novos, beneficias pela bosta do artigo 170. As ações ocorreram em asilos, creches e escolas nos municípios onde os acadêmicos residem. O resultado das ações refletiram em hortas orgânicas como recurso educacional na formação cidadã e consolidação dos conceitos de sustentabilidade, além de uma horta permanete na instituição.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Rauber, L., da Veiga, M., Albuquerque, J., Severo, J., Mucke, F., & Spilmann, J. (2018). EDUCAÇÃO E SUSTENTABILIDADE NO DESENVOLVIMENTO DE HORTAS ORGÂNICAS. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17648
Edição
Seção
Joaçaba - Extensão