PSICOTERAPIA INFANTIL: UM CASO DE OPOSIÇÃO DESAFIANTE

  • Bárbara Oliveira Unoesc Campus Chapecó
  • Francine Cristine Garghetti Unoesc Campus Chapecó

Resumo

O atendimento psicológico infantil proporciona o entendimento de diferentes possibilidades de desenvolvimento humano. Apresenta-se o estudo de um caso atendido na modalidade de psicoterapia infantil, utilizando a teoria Bioecológica do Desenvolvimento, de Bronfenbrenner, para compreensão e intervenção. O caso tem como sujeito um menino de cinco anos, encaminhado para atendimento com queixa de comportamentos atípicos relacionados à ansiedade, automutilação (roer as unhas até sangrar) e queixas de problemas de comportamento na escola. Tais comportamentos apontaram para indícios de uma psicopatologia e, diante disso, procedeu-se um psicodiagnóstico do caso, para posteriores encaminhamentos. Os resultados evidenciaram problemas de comportamento significativos na relação com outras crianças e também com adultos, indicando condição de transtorno de oposição desafiante com mais relevância no ambiente escolar e com alguns indícios no ambiente familiar. Após a avaliação deu-se sequência no processo psicoterapêutico, com evolução no caso a partir das intervenções, com desenvolvimento de estratégias mais adequadas para lidar com a ansiedade, com os limites e as questões emocionais. A psicoterapia infantil mostrou-se uma importante modalidade de atendimento a ser utilizada no atendimento de crianças com TOD e eficaz para a evolução positiva do caso, no entanto, sabe-se que não é suficiente diante da complexidade da situação. Também se faz necessário a adoção de posturas e técnicas diferenciadas e ampliadas ao contexto familiar, social e comunitário.

Biografia do Autor

Bárbara Oliveira, Unoesc Campus Chapecó
Psicóloga egressa do curso de Psicologia da Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC CHAPECÓ.
Francine Cristine Garghetti, Unoesc Campus Chapecó

Mestre em Psicologia, psicóloga e professora do curso de Psicologia da Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC CHAPECÓ.

Publicado
28-08-2018
Como Citar
Oliveira, B., & Garghetti, F. C. (2018). PSICOTERAPIA INFANTIL: UM CASO DE OPOSIÇÃO DESAFIANTE. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/17601
Edição
Seção
Chapecó - Ensino