PROTOCOLO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA PARA ATLETAS DO PARAJASC

Autores

  • Francine Cristine Garghetti Unoesc Campus Chapecó

Resumo

O Projeto de Monitoria e Extensão em Avaliação Psicológica do Serviço de
Atendimento Psicológico (SAP) foi solicitado a realizar avaliação psicológica de atletas para os Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc). O objetivo deste trabalho foi realizar avaliação com foco na comprovação de deficiência intelectual (DI) de atletas selecionados para participar do Parajasc. Um protocolo de avaliação foi desenvolvido utilizando as seguintes estratégias: 1) Anamnese com a família e os atletas;
2) Aplicação das Escalas de Inteligência Wechsler (WAIS-III ou WISC-III) nos atletas; 3)Elaboração de Relatório Psicológico (conforme Resolução 07/2003); e 4) Entrevista de Devolutiva. No total foram avaliados 31 atletas nesta proposta, sendo 20 no ano de 2016 e 11 em 2017. Os resultados, em ambos os anos, apontaram 55% de atletas comdesempenho intelectualmente deficiente, 35% com desempenho intelectual limítrofe e 10% com desempenho médio inferior. Dois dos atletas avaliados em 2016 foram reavaliados em 2017, sendo que os dados foram confirmados. Ressalta-se que o diagnóstico de DI leva em consideração não só o funcionamento intelectual medido pelos
instrumentos psicológicos, mas também as habilidades adaptativas do sujeito em seu contexto. Desta forma, 100% da amostra foi considerada em condição de DI.

Biografia do Autor

Francine Cristine Garghetti, Unoesc Campus Chapecó

Mestre em Psicologia, psicóloga e professora do curso de Psicologia da Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC CHAPECÓ.

Downloads

Publicado

13-09-2017

Como Citar

Garghetti, F. C. (2017). PROTOCOLO DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA PARA ATLETAS DO PARAJASC. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/15033

Edição

Seção

Chapecó - Extensão