PERCEPÇÃO DE EMPRESÁRIOS DE JOAÇABA, HERVAL D’ OESTE E LUZERNA EM RELAÇÃO À EMPREGABILIDADE DE IDOSOS

Autores

  • Viviane Ferranti

Resumo

O presente trabalho discorre sobre a percepção dos empresários de Joaçaba, Herval d’ Oeste e Luzerna em relação à empregabilidade de idosos. A teoria fundamenta que o envelhecimento populacional está se tornando uma realidade que interfere na vida do idoso, relacionado a mudanças físicas, psicológicas e sociais. Segundo dados do IBGE, o aumento esperado da população para países em desenvolvimento é de 300%, especialmente na América Latina. A população idosa no Brasil ultrapassa 15 milhões de pessoas e apresenta um dos mais significativos índices de envelhecimento populacional. Atualmente, pouco se sabe a respeito deste fenômeno e sua relação com as organizações. Este trabalho introduz aspectos do envelhecimento populacional, como políticas públicas, mercado de trabalho para o idoso, saúde relacionada ao trabalho e emprego para, por fim, compreender como estas questões afetam a percepção de empresários a respeito da empregabilidade de idosos. Há funções específicas dentro das organizações que os empresários acreditam que idosos podem desempenhar de modo mais eficiente, como atividades que não exijam muito esforço físico ou conhecimento avançado em tecnologia. Esse público possui maior aceitação nas organizações em virtude de seu comprometimento e experiência. É necessário que os idosos busquem qualificação para estarem inseridos no mercado de trabalho, pois a falta de escolaridade é um dos fatores que dificulta a sua empregabilidade. Por fim, discute-se no trabalho as percepções dos empresários em associação com questões típicas do debate sobre minorias e organizações. 

Downloads

Publicado

13-09-2017

Como Citar

Ferranti, V. (2017). PERCEPÇÃO DE EMPRESÁRIOS DE JOAÇABA, HERVAL D’ OESTE E LUZERNA EM RELAÇÃO À EMPREGABILIDADE DE IDOSOS. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14965

Edição

Seção

Joaçaba - Ensino