PREVALÊNCIA DE BACTÉRIAS PATOGÊNICAS E CARACTERIZAÇÃO DE LESÕES HISTOPATOLÓGICAS EM FÍGADOS DE FRANGOS DE CORTE CONDENADOS NO ABATEDOURO

  • Ana Paula Piovezan
  • Fernanda Gemelli
  • Michèli Cristina Carpeggiani
  • Tanaíza Carla Rigo
  • Daniela Lourdes Vanazzi
  • Aline Gracioli
  • Camila Miglioranza
  • Julcimar Machado Maciel
  • Natalha Biondo
  • Lilian Kolling Girardini

Resumo

O sistema de criação de aves predispõe estas a diferentes patologias, especialmente infecções bacterianas, que podem produzir lesões no fígado que variam de pequenos focos de necrose hepática a múltiplos abcessos. Neste contexto, objetiva-se verificar a prevalência dos principais microrganismos bacterianos envolvidos nos critérios de condenação de carcaças de frangos para que ações sejam tomadas a fim de reduzir a frequência de contaminação, visando a saúde animal e saúde pública. Estão sendo avaliados fígados condenados ao abate em um frigorífico no oeste catarinense. As carcaças são inspecionadas interna e externamente, sendo estes procedimentos realizados na linha de inspeção, ainda no frigorífico. Os fígados com alterações são enviados aos laboratórios da Unoesc Xanxerê, onde são avaliados macroscopicamente, numerados, pesados e fotografados. Serão avaliados 200 fígados, divididos de maneira igual em quatro grupos, sendo 1: coloração esverdeada; 2: pontos necróticos; 3: amarelados e 4: fígados normais (grupo controle). No laboratório, são colhidos fragmentos para avaliação histopatológica e microbiológica. Até o momento foram processadas 49 amostras, predominando o grupo 1 com 19 amostras, seguido do grupo 2 com 16 amostras, grupo 4 com 10 e grupo 3 com quatro amostras. Nos quatro grupos avaliados o agente mais prevalente foi Escherichia coli, sendo este identificado em 100% dos isolados no grupo 3, 90% no grupo 4, 73,6% no grupo 1 e 50% no grupo 2. No restante das amostras foi possível identificar Proteus sp., bem como amostras em que não houve crescimento bacteriano.
Publicado
13-09-2017
Como Citar
Piovezan, A. P., Gemelli, F., Carpeggiani, M. C., Rigo, T. C., Vanazzi, D. L., Gracioli, A., Miglioranza, C., Machado Maciel, J., Biondo, N., & Girardini, L. K. (2017). PREVALÊNCIA DE BACTÉRIAS PATOGÊNICAS E CARACTERIZAÇÃO DE LESÕES HISTOPATOLÓGICAS EM FÍGADOS DE FRANGOS DE CORTE CONDENADOS NO ABATEDOURO. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14875
Edição
Seção
Xanxerê - Pesquisa