O PAPEL DAS POLÍTICAS DE APOIO PARA EXPORTAÇÃO DAS PEQUENAS MÉDIAS EMPRESAS CATARINENSES

  • Daiane Pavan Universidade do Oeste de Santa Catarina - Unoesc
  • Kaomma Vial Lima Unoesc
  • Inocencia Boita Dalbosco Unoesc

Resumo

As pequenas e médias empresas enfrentam constantemente desafios frente aos mercados competitivos, sendo que devido ao aumento da concorrência, uma das estratégias que podem ser adotadas é a busca de novos mercados por meio do comércio exterior. O objetivo desse trabalho foi analisar as políticas públicas de apoio à exportação, buscando averiguar as razões e os fatores da utilização ou não dessas políticas. Trata-se de estudo de caso qualitativo de natureza descritiva. O instrumento de coleta de dados foi composto por um questionário constituído por onze perguntas, aplicado de forma eletrônica a quatro empresas exportadoras localizadas em Santa Catarina. A análise dos dados ocorreu de forma descritiva, com o propósito de esclarecer os questionamentos levantados desse trabalho. Como resultado, destaca-se o fato de que as pequenas e médias empresas não possuem conhecimento ampliado dos órgãos de apoio e seus respectivos significados, e ainda sobre os incentivos, as mesmas fazem o uso dos mesmos apenas quando estão enfrentando problemas financeiros internos. Outro destaque é a dificuldade no acesso às políticas de apoio à exportação, também se tornou nítida a necessidade de expansão diante do mercado internacional. Dessa forma, foram citadas algumas possibilidades de melhoria, tais como a aproximação das pequenas e médias empresas aos órgãos de apoio e a divulgação dos órgãos e suas funções.
Publicado
13-09-2017
Como Citar
Pavan, D., Vial Lima, K., & Dalbosco, I. B. (2017). O PAPEL DAS POLÍTICAS DE APOIO PARA EXPORTAÇÃO DAS PEQUENAS MÉDIAS EMPRESAS CATARINENSES. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14870
Edição
Seção
Chapecó - Ensino