AVALIAÇÃO DE MEDIDA PREVENTIVA EM HELMINTOSES DE BOVINOS (DADOS PARCIAIS)

  • Aline Kuhn Sbruzzi Pasquali Professora Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campos Novos
  • Anna Caroline Fagundes Palavro Unoesc Medicina Veterinária Campos Novos Discente
  • Bianca Nowasky Unoesc Medicina Veterinária Campos Novos Discente
  • Guinther Thales Unoesc Medicina Veterinária Campos Novos Discente
  • Thainara Piovesan Unoesc Medicina Veterinária Campos Novos Discente

Resumo

As infecções por nematódeos gastrintestinais em bovinos determinam importantes perdas econômicas. Essas perdas são  mortalidade e redução  na produtividade destes animais. O controle destes parasitas é baseado no tratamento com anti-helmínticos, além de programas de prevenção. O objetivo desse estudo foi para avaliar a efetividade de um tratamento preventivo (uso de homeopáticos) para nematódeos em bovinos de uma propriedade do município de  Anita Garibaldi – Santa Catarina. Foram coletadas 25 amostras de fezes de bovinos fêmeas. As amostras foram coletadas diretamente do reto e armazenadas em luvas e caixas isotérmicas até o momento da análise. As amostras foram submetidas a pesquisa por ovos tipo Strongyloidea através da técnica de Gordon Whitlock. A presença de até 500 OPG (ovos por grama de fezes) foi considerado animal sem helmintoses, acima desse valor as amostras seriam submetidas a técnica de Robert Sulivan para eclosão de ovos e identificação de larvas.  Os resultados obtidos foram que todos os bovinos avaliados apresentavam resultado inferior a 500 OPG, demostrando assim a eficácia do tratamento preventivo adotado pela propriedade. Maiores estudos são importantes para ser acompanhado a propriedade durante um ano e assim obter a validação dessa medida preventiva.
Publicado
13-09-2017
Como Citar
Pasquali, A. K. S., Palavro, A. C. F., Nowasky, B., Thales, G., & Piovesan, T. (2017). AVALIAÇÃO DE MEDIDA PREVENTIVA EM HELMINTOSES DE BOVINOS (DADOS PARCIAIS). Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14851
Edição
Seção
Joaçaba - Pesquisa