O EXERCÍCIO DA EXPRESSÃO ORAL: XVIII CONCURSO DE ORATÓRIA NO CURSO DE DIREITO DA UNOESC XANXERÊ

Autores

  • Rossaly Beatriz Chioquetta Lorenset Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê https://orcid.org/0000-0002-9208-6205
  • Edison Luiz Siqueira Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê
  • Wagner Basi De Lima Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê
  • Carlos Alexandre De Oliveira Sansanovicz Júnior Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê
  • Eduardo Niszczah Alves Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê

Resumo

O concurso de oratória do curso de Direito da Unoesc Xanxerê possui como escopo contribuir com a fluência da comunicação oral em público. Por meio de exercício de comunicação com a plateia, pela apreensão de técnicas, propõe-se exercitar a eloquência e a capacidade de persuasão. A atividade de discurso oral é proposta na primeira fase do curso de Direito, em componente curricular complementar, consoante ao Projeto Pedagógico do Curso de Direito, pois nele consta que o acadêmico desenvolva habilidades e competências, dentre elas, utilizar corretamente a linguagem - com clareza, precisão, propriedade e fluência verbal. Após avaliação individual, são selecionados 12 acadêmicos para apresentação no auditório à banca avaliadora, composta pelo Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - subseção de Xanxerê, pela Coordenadora do Curso de Direito, pela Assessora de Comunicação e Marketing da Unoesc, por um profissional de emissora de rádio do município - ou representantes - por professores do curso e pela professora do componente curricular, organizadora do concurso. É para atender ao propósito do exercício da expressão oral que se propicia o Concurso de Oratória, que já está na XVIII edição. Observa-se que os acadêmicos aprimoram a competência linguística, elaboram e expressam com mais fluência as ideias, contribuindo para qualificada atuação jurídica. Objetiva-se, com esta atividade, que o conhecimento técnico-científico e a ciência da linguagem auxiliem na efetividade da comunicação entre os homens: gesto de alteridade que veicula o melhor do homem para o outro.

Biografia do Autor

Rossaly Beatriz Chioquetta Lorenset, Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê

Doutoranda em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina; Mestra em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal da Fronteira Sul; Professora de Língua Portuguesa da Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê nos cursos de Administração, Arquitetura, Design, Direito, Engenharia Civil, Farmácia, Letras e Pedagogia.

Edison Luiz Siqueira, Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê

Acadêmico do Curso de Direito da Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê.

Wagner Basi De Lima, Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê

Acadêmico do Curso de Direito da Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê.

Carlos Alexandre De Oliveira Sansanovicz Júnior, Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê

Acadêmico do Curso de Direito da Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê.

Eduardo Niszczah Alves, Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê

Acadêmico do Curso de Direito da Universidade do Oeste de Santa Catarina - Xanxerê.

Downloads

Publicado

13-09-2017

Como Citar

Lorenset, R. B. C., Siqueira, E. L., De Lima, W. B., Sansanovicz Júnior, C. A. D. O., & Alves, E. N. (2017). O EXERCÍCIO DA EXPRESSÃO ORAL: XVIII CONCURSO DE ORATÓRIA NO CURSO DE DIREITO DA UNOESC XANXERÊ. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14735

Edição

Seção

Xanxerê - Ensino