Anestesia e analgesia de tamanduá-mirim (Tamandua tetradactylla) com lesão pulminar: relato de caso

Autores

  • Taisa Camila Dassi Universidade do Oeste de Santa Catarina-UNOESC
  • Jackson Fábio Preuss Universidade do Oeste de Santa Catarina-UNOESC
  • Fernanda Canello Bandiera Universidade do Oeste de Santa Catarina-UNOESC

Resumo

Um tamanduá-mirim (Tamandua tetradactylla) foi resgatado no município de São José do Cedro (SC) pela Polícia Militar Ambiental/SC, e encaminhado ao Hospital Veterinário Universitário da Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC, campus de São Miguel do Oeste, para atendimento médico veterinário. Um protocolo para anestesia e posterior analgesia foi formulado para evitar o stress, possibilitar o exame físico detalhado e realização de exames complementares do indivíduo. Após anestesiado, o espécime passou por exames de imagem (radiografia torácica, e ultrassonografia abdominal). Como medicação pré-anestésica foi utilizado morfina, e para indução anestésica optou-se pela associação de xilazina e cetamina, sendo que os parâmetros de frequência cardíaca e respiratória foram monitorados desde a aplicação até o final do procedimento, e estes se mantiveram dentro dos parâmetros fisiológicos. Em seguida, foi instituída uma terapia analgésica com cloridrato de tramadol, e meloxicam. A associação de xilazina e cetamina mostrou-se um protocolo efetivo e seguro, promovendo uma anestesia dissociativa com bom relaxamento muscular. Além disso, a analgesia com cloridrato de tramadol e meloxicam foram eficientes no controle da dor, que possibilitou uma melhora clínica do paciente, o qual voltou a alimentar-se de forma espontânea e manifestar hábitos naturais para a espécie.

Biografia do Autor

Taisa Camila Dassi, Universidade do Oeste de Santa Catarina-UNOESC

Estudante de graduação em Medicina Veterinária

Jackson Fábio Preuss, Universidade do Oeste de Santa Catarina-UNOESC

Biólogo. Mestre em Ciências Ambientais, Professor da Universidade do Oeste de Santa Catarina, Área das Ciências da Vida.

Fernanda Canello Bandiera, Universidade do Oeste de Santa Catarina-UNOESC

Médica Veterinária. Mestra em Ciência Animal, Professora da Universidade do Oeste de Santa Catarina, Área das Ciências da Vida.

 

Downloads

Publicado

13-09-2017

Como Citar

Dassi, T. C., Preuss, J. F., & Bandiera, F. C. (2017). Anestesia e analgesia de tamanduá-mirim (Tamandua tetradactylla) com lesão pulminar: relato de caso. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14682

Edição

Seção

São Miguel do Oeste - Ensino