ESTUDO E DIAGNÓSTICO DO GERENCIAMENTO DO LODO, GERADO EM UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES, EM UMA INDÚSTRIA DE RAÇÕES E PROTEÍNAS DE SOJA

Autores

  • Marta Veronica Buss UNOESC
  • Rafael Hoppen Dos Santos UNOESC
  • Jean Carlo Salomé dos Santos Menezes UNOESC
  • Giliarde Alves UNOESC

Resumo

O presente projeto discorre sobre o gerenciamento de lodo industrial, este também denominado de biossólido, é o principal subproduto residual do tratamento das águas residuárias industriais, necessita de um gerenciamento adequado a fim de evitar impactos ambientais. Este projeto teve por objetivo diagnosticar o gerenciamento de lodo e propor alternativa para destinação do mesmo que seja ambientalmente segura e sustentável em uma indústria de rações e proteínas de soja. A metodologia empregada quantificou e caracterizou o lodo através de análises físico-químicas. Os resultados obtidos evidenciaram que são geradas 13,56 ton/dia de lodo centrifugado com PCI de 3.932,00 kcal/kg. De acordo com as condições encontradas in loco na planta industrial e, com os resultados obtidos, concluíu-se ser uma ótima alternativa com viabilidade técnica a co-combustão do lodo com cavaco de lenha na caldeira de geração de vapor. Porém, estudos posteriores devem ser realizados para analizar os constituintes químicos do lodo e os possíveis residuais atmosféricos que serão formados se a queima for efetua. Se o sistema de incineração de biossólido proposto for instalado na indústria, o gerenciamento do lodo será otimizado, promovendo o aproveitamento do seu potencial energético de forma alternativa e sustentável promovendo a valoração deste resíduo.

Downloads

Publicado

13-09-2017

Como Citar

Buss, M. V., Dos Santos, R. H., Menezes, J. C. S. dos S., & Alves, G. (2017). ESTUDO E DIAGNÓSTICO DO GERENCIAMENTO DO LODO, GERADO EM UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES, EM UMA INDÚSTRIA DE RAÇÕES E PROTEÍNAS DE SOJA. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14660

Edição

Seção

Videira - Pesquisa