LEDTERAPIA NO ESPORTE: UM MÉTODO DE RECUPERAÇÃO PROMISSOR

Autores

  • Mônica Raquel Sbeghen
  • Patrick Zawadzki Universidade do Oeste de Santa Catarina. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Resumo

Danos musculares são eventos muito presentes na prática esportiva, e estratégias para sua recuperação são pesquisadas em todo o mundo. Neste contexto, a fototerapia, por meio de diodos emissores de luz (LEDs), despontou como uma estratégia promissora. Estudos já evidenciaram sua eficácia quando aplicada no pré ou pós exercício físico de alta intensidade, atenuando a fadiga muscular e contribuindo na recuperação de marcadores bioquímicos relacionados ao dano muscular. Os LEDs são semicondutores complexos que convertem a corrente elétrica em um espectro luminoso estreito não coerente, tendo seu pico de energia mensurado em mili Watts. Envolve a aplicação de comprimentos de onda ultravioleta visível ao infravermelho, variando de 247 a 1300 nanômetros (nm). As faixas de luz mais usadas são o azul (400-700nm), verde (470-550nm), vermelho (630-700nm) e infravermelho (700-1200nm). Dentre as vantagens de aplicação do LED destaca-se a possibilidade de combinar comprimentos de ondas de vários tamanhos; a luz dispersada em uma grande área, reduz assim o tempo de tratamento; método seguro, não invasivo e atóxico; além da energia liberada ser insuficiente para causar danos aos tecidos humanos e o aparelho de LED ser mais econômico, barato e durável do que a luz pulsada intensa ou o laser. Com relação aos efeitos biológicos do uso do LED, aponta-se dependência do tempo de irradiação, comprimento da onda, intensidade/potência, fluência e modo contínuo ou pulsado da onda. Conclui-se que este método deve ser explorado desde o ponto de vista científico de sua aplicação.

Biografia do Autor

Patrick Zawadzki, Universidade do Oeste de Santa Catarina. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Mestrando em Ciências do Movimento Humano, pelo CEFID-UDESC. Doutorando em Educaçao Física, Atividade Física e Esporte pelo INEFC_UB. Professor da UNOESC-Chapecó.

Downloads

Publicado

13-09-2017

Como Citar

Sbeghen, M. R., & Zawadzki, P. (2017). LEDTERAPIA NO ESPORTE: UM MÉTODO DE RECUPERAÇÃO PROMISSOR. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14650

Edição

Seção

Chapecó - Pesquisa