FORÇA DE PREENSÃO MANUAL EM JUDOCAS DA EQUIPE MASCULINA DE CHAPECÓ,SC

  • Dirceu Junior Barp
  • Fernanda A. M. Souza
  • Patrick Zawadzki Universidade do Oeste de Santa Catarina. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Resumo

O estudo teve por objetivo determinar valores de força de preensão manual de atletas de judô de Chapecó-SC, subdivididos por faixa, peso e categoria de peso, todos do sexo masculino, com média de 22,12 anos de idade. O aparelho utilizado para coleta de dados foi o TKK-5401 dinamômetro de mão digital para determinar à força de preensão manual, seguindo o protocolo da Associação Americana de Terapeutas da Mão (ASHT). Foram coletadas três tentativas de máxima contração em ambas as mãos com intervalo de quinze segundos de forma alternada. Para avaliação dos dados foi utilizado o T-test e Pearson. Os resultados obtidos mostraram os atletas mais graduados como mais fortes que os menos graduados, e que há diferença significativa na força máxima no grupo dividido por faixa (p=0,51 para mão direita; p=0,66 para mão esquerda), e dividido por categoria de peso (p=0,36 para mão direita; p=0,36 para mão esquerda). Este padrão mostrou que quando maior a graduação do atleta maior o seu nível de força, entretanto, não há relação com a categoria de peso, os atletas mais pesados não apresentaram os maiores índices de força. Foi apontado uma descrição dos níveis de força dos atletas de Judô de Chapecó, espera-se que estes resultados orientem futuros planos de treinamento e de competição.

Biografia do Autor

Patrick Zawadzki, Universidade do Oeste de Santa Catarina. Universidade do Estado de Santa Catarina.

Mestrando em Ciências do Movimento Humano, pelo CEFID-UDESC. Doutorando em Educaçao Física, Atividade Física e Esporte pelo INEFC_UB. Professor da UNOESC-Chapecó.

Publicado
13-09-2017
Como Citar
Barp, D. J., Souza, F. A. M., & Zawadzki, P. (2017). FORÇA DE PREENSÃO MANUAL EM JUDOCAS DA EQUIPE MASCULINA DE CHAPECÓ,SC. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14647
Edição
Seção
Chapecó - Ensino