SELEÇÃO DE ACTINOBACTERIAS COM ATIVIDADE ANTIMICROBIANA A ISOLADOS BACTERIANOS CAUSADORES DE INFECÇÕES URINÁRIAS

Autores

  • Tassiane Kemer de Souza Universidade do Oeste de Santa Catarina -UNOESC/ Biotecnologia Industrial
  • Elisandra Minotto Universidade do Oeste de Santa Catarina -UNOESC/ Biotecnologia Industrial
  • Bibiana Paula Dambrós Universidade do Oeste de Santa Catarina -UNOESC/ Curso de Farmácia.
  • Sabrina Pinto Salamoni Universidade do Oeste de Santa Catarina -UNOESC/ Biotecnologia Industria

Resumo

As actinobactérias são microrganismos do solo com um elevado potencial de produção de metabólitos bioativos incluindo antimicrobianos, antitumorais e outros compostos farmacêuticos. As infecções do trato urinário (ITU) têm como principal agente a bactéria Escherichia coli, responsável por cerca de 85% dos casos e geralmente com perfil de multirresistência a antimicrobianos. O objetivo deste estudo foi avaliar a atividade antimicrobiana in vitro de metabólitos produzidos por actinobactérias frente à isolados de E. coli, oriundos de ITU. Os isolados (03 e 07) oriundos de amostras de urina, foram submetidos a identificação morfológica e bioquímica e a teste de suscetibilidade a 12 antimicrobianos, a cepa de E. coli ATCC 25922 foi utilizada como padrão. Após, os isolados de E. coli foram testados frente aos 45 isolados de actinobactérias para determinação de atividade antibacteriana de seus metabólitos. Os ensaios foram realizados em duplicata. Os resultados obtidos comprovaram que os microrganismos isolados de urina pertencem a espécie E. coli, sendo o isolado 03 suscetível a todos os antimicrobianos, assim como a ATCC 25922. Enquanto que o isolado 07 manifestou resistência à tetraciclina, clorafenicol, ciprofloxacina, ceftriaxona, ampicilina, amicacina e perfil intermediário para gentamicina. Apresentaram atividade inibitória de crescimento frente aos isolados 03,  07 e ATCC 25922 de E. coli os metabólicos das actinobactérias 02, 31 e 149. Evidenciando assim, o potencial antibacteriano dos metabólitos bioativos produzidos por actinobactérias.

Biografia do Autor

Tassiane Kemer de Souza, Universidade do Oeste de Santa Catarina -UNOESC/ Biotecnologia Industrial

Acadêmica do curso de Biotecnologia Industrial da Universidade do Oeste de Santa Catarina

Elisandra Minotto, Universidade do Oeste de Santa Catarina -UNOESC/ Biotecnologia Industrial

Biólga pela UFPel, Mestres em fitossanidade pela UFPel, Doutora em Microbiologia Agrícola e do Ambiente. Pós-Doc do Mestrado em Ciência e Biotecnologia -UNOESC.

Bibiana Paula Dambrós, Universidade do Oeste de Santa Catarina -UNOESC/ Curso de Farmácia.

Mestre em Biotecnologia, professora em tempo integral do curso de Farmácia da Universidade do Oeste De Santa Catarina (UNOESC), Videira, Santa Catarina, Brasil.

Sabrina Pinto Salamoni, Universidade do Oeste de Santa Catarina -UNOESC/ Biotecnologia Industria

Pós – doutora em Desenvolvimento Biotecnológico, professora da Universidade do Oeste de
Santa Catarina-UNOESC Videira.

Downloads

Publicado

13-09-2017

Como Citar

Souza, T. K. de, Minotto, E., Dambrós, B. P., & Pinto Salamoni, S. (2017). SELEÇÃO DE ACTINOBACTERIAS COM ATIVIDADE ANTIMICROBIANA A ISOLADOS BACTERIANOS CAUSADORES DE INFECÇÕES URINÁRIAS. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14605

Edição

Seção

Videira - Pesquisa