EFEITO DE DOSES E ÉPOCAS DE APLICAÇÃO FOLIAR DE BORO NO DESEMPENHO AGRONÔMICO DA CULTURA DE SOJA

  • Fabiano Dall'agnol
  • Marcio Zilio
  • Milton Veiga
  • Claudia Aparecida Guginski Piva

Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito do boro (B), aplicado via foliar, nas fases reprodutivas da cultura de soja, nos componentes de rendimento da cultivar TMG 7062 IPRO. O experimento foi conduzido a campo no município de Tangará/SC, na safra 2016/17. O delineamento foi de blocos ao acaso em esquema fatorial 2 x 4 (épocas x doses), com 4 repetições. As épocas de aplicação foliar do B foram nos estádios R1 e R3 e as doses utilizadas foram de 0, 1, 2, e 4 L/ha de B. Foram realizadas avaliações dos componentes do rendimento e da produtividade. Os resultados foram submetidos à análise de regressão. No estádio R1 o incremento foi de 7,12 vagens para cada L/ ha de B aplicado via foliar. No estádio R3 o incremento foi de 5,47 vagens para cada L/ha. A aplicação de 4 L/ha de B aumentou para 233,5 e 235,0 g a massa de mil grãos nos estádio R1 e R3, respectivamente. No estádio R1 a produtividade apresentou incremento linear de aproximadamente 248 kg/ha. A aplicação no estádio R3 promoveu um ganho de aproximadamente 200 kg/ha para cada litro de B aplicado por hectare. A produtividade média para a maior dose foi de 4.873 kg/ha. Apenas não houve alteração na altura de inserção da 1ª vagem em ambos os estádios de aplicação. Portanto, a aplicação foliar de boro pode ser uma alternativa para aumentar a produtividade da cultivar de soja TMG 7062 IPRO. A aplicação foliar de boro se mostrou viável na cultura da soja, alcançando maiores produtividades de grãos e proporcionando maior lucro no cultivo da cultura.
Publicado
13-09-2017
Como Citar
Dall’agnol, F., Zilio, M., Veiga, M., & Aparecida Guginski Piva, C. (2017). EFEITO DE DOSES E ÉPOCAS DE APLICAÇÃO FOLIAR DE BORO NO DESEMPENHO AGRONÔMICO DA CULTURA DE SOJA. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14493
Edição
Seção
Joaçaba - Ensino