PERÍMETRO DE CINTURA DE ESCOLARES DE 6 A 13 ANOS DE XANXERÊ/SC: PONTOS DE CORTE, PREVALÊNCIA DE OBESIDADE CENTRAL E RELAÇÃO COM O ÍNDICE DE MASSA CORPORAL

Autores

  • Mateus Augusto Bim Universidade do Oeste de Santa Catariana - UNOESC Xanxerê https://orcid.org/0000-0002-4064-1975
  • Deonilde Balduino Universidade do Oeste de Santa Catariana - UNOESC Xanxerê
  • Sandro Claro Pedrozo Universidade do Oeste de Santa Catariana - UNOESC Xanxerê https://orcid.org/0000-0002-5068-8515
  • Ericles Artuzi Universidade do Oeste de Santa Catariana - UNOESC Xanxerê
  • Jean Carlos Parmigiani De Marco Universidade do Oeste de Santa Catariana - UNOESC Xanxerê

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar a prevalência de obesidade central em escolares de 6 a 13 anos do município de Xanxerê/SC e relacionar com indicadores de obesidade geral (IMC), a partir da determinação de pontos de corte do perímetro de cintura (PC). Fizeram parte da amostra 1.598 alunos (814 meninos e 784 meninas), com idade de 6 a 13 anos de escolas da rede pública de ensino de Xanxerê/SC. A obesidade central moderada e elevada foi determinada a partir os pontos de corte do PC com base nos percentis P85 e P95. Já a obesidade geral (sobrepeso e obesidade) foi determinada a partir da utilização do IMC (kg/m2). Os dados foram analisados utilizando-se a estatística descritiva (percentil, média, desvio-padrão e frequência relativa). O programa estatístico utilizado foi o SPSS versão 22.0. Os resultados mostraram, a partir dos pontos de corte propostos para os escolares de 06 a 13 anos, que 18,1% dos avaliados apresentaram excesso de adiposidade central (13,6% moderada e 5,5% elevada). Já para a obesidade geral a prevalência foi de 31,9% (23,8% sobrepeso e 8,1% obeso). A correlação entre os indicadores de gordura (PC e IMC) foi positiva forte (r= 0,68) e significativa (P<0,05). Assim sendo, pode-se concluir que a obesidade central já se encontra com índices que merecem atenção por parte de órgãos públicos e profissionais da saúde, pois mesmo que os indicadores (PC e IMC) tenham apresentado uma forte correlação, a adiposidade abdominal se associa de maneira mais direta com doenças crônico-degenerativas.

Palavras-chave: Obesidade central. Obesidade geral. Escolares.

Downloads

Publicado

13-09-2017

Como Citar

Bim, M. A., Balduino, D., Pedrozo, S. C., Artuzi, E., & De Marco, J. C. P. (2017). PERÍMETRO DE CINTURA DE ESCOLARES DE 6 A 13 ANOS DE XANXERÊ/SC: PONTOS DE CORTE, PREVALÊNCIA DE OBESIDADE CENTRAL E RELAÇÃO COM O ÍNDICE DE MASSA CORPORAL. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14458

Edição

Seção

Xanxerê - Pesquisa