PROMOÇÃO EM SAÚDE NOS ASSENTAMENTOS RURAIS NO MUNICÍPIO DE ÁGUA DOCE-SC

  • Jeferson Martins
  • Marcia Restelatto
  • bruna eliza de dea
  • fabiana Dallacosta
  • marta Garrastazu
  • Mariana Costa
  • Leila Mendes
  • Andrea Gallon
  • Grasieli Ramos

Resumo

As famílias dos assentamentos rurais de Água Doce/SC possuem pouco acesso aos serviços de saúde, portanto esse trabalho busca conhecer as condições de saúde local, conhecer as condições de saúde bucal e saúde geral das crianças, aproximar os acadêmicos de Enfermagem e Odontologia da prática no município e promover atividades de educação e promoção de saúde. Foram realizaram oficinas para debater as condições de saúde local, visitas técnicas onde foram realizadas atividades educativas e foi realizado um levantamento epidemiológico das condições de saúde geral e bucal das crianças até 12 anos. Foram examinadas 48 crianças com idade média de 7,5; sendo 54% do sexo feminino. Para crianças até 5 anos, 80% das crianças possuíam o IMC classificado como normal, sendo apenas uma criança obesa e uma com baixo peso. Para crianças de 6 até 8 anos, 50% das crianças possuíam IMC classificado como normal, 31% das crianças são consideradas com sobrepeso e 12,5% obesas, uma criança com baixo peso. Para crianças de 9 até 12 anos, o peso médio foi de 36kg, altura média de 1,39; 47% das crianças possuíam o IMC classificado como normal, 21% das crianças eram obesas e seis crianças com baixo peso (32%). A maioria das crianças possuía a carteira de vacinação. As condições de saúde bucal eram precárias, com alta prevalência de cárie, higiene oral insatisfatória e dieta desequilibrada.
Publicado
13-09-2017
Como Citar
Martins, J., Restelatto, M., dea, bruna eliza de, Dallacosta, fabiana, Garrastazu, marta, Costa, M., Mendes, L., Gallon, A., & Ramos, G. (2017). PROMOÇÃO EM SAÚDE NOS ASSENTAMENTOS RURAIS NO MUNICÍPIO DE ÁGUA DOCE-SC. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14419
Edição
Seção
Joaçaba - Extensão