CIRCUITO FUNCIONAL PARA A MANUTENÇÃO DA APTIDÃO MORFOLÓGICA E MUSCULOESQUELÉTICA DE ADOLESCENTES DURANTE AS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

  • Jean Carlos Parmigiani De Marco
  • Deonilde Balduíno

Resumo

Atualmente fala-se constantemente na importância da prática de atividades físicas para manter um estilo de vida saudável e ativo. A mudança no estilo de vida das pessoas deve iniciar já na infância para que perpasse até a vida adulta. O objetivo do estágio foi realizar um mapeamento da Aptidão Morfológica e Musculoesquelética de adolescentes do 8º e 9º Ano de uma escola de Xanxerê - SC, e desta forma, planejar atividades de intervenção diversificadas que pudessem melhorar os componentes que se encontrassem defasados. Para analisar a Aptidão Física relacionada à Saúde, foram utilizados os testes propostos pelo Proesp-Br (2016), sendo realizados os testes para analisar a composição corporal, flexibilidade e resistência muscular localizada. Participaram 48 adolescentes de ambos os gêneros, durante as aulas de Educação Física, que era realizada 3 vezes por semana. Após a análise dos dados, foi possível constatar que somente a resistência muscular localizada encontrava-se com a média na Zona de Risco, e desta forma, foi proposto a realização de circuitos funcionais durante as aulas, onde seriam realizados exercícios resistidos e aeróbicos. Houve grande aceitação por parte dos alunos para as atividades propostas, pois consideraram divertidas e diversificadas.
Publicado
13-09-2017
Como Citar
De Marco, J. C. P., & Balduíno, D. (2017). CIRCUITO FUNCIONAL PARA A MANUTENÇÃO DA APTIDÃO MORFOLÓGICA E MUSCULOESQUELÉTICA DE ADOLESCENTES DURANTE AS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14386
Edição
Seção
Xanxerê - Ensino