ESTABILIZAÇÃO DE UMA AREIA DE FUNDIÇÃO SUBSTITUÍDA PARCIALMENTE POR PÓ DE PEDRA E COM ADIÇÃO DE DIFERENTES TEORES DE AGENTE CIMENTANTE

  • Lucas Quiocca Zampieri Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Ana Paula Filipon Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Fabiano Alexandre Nienov Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Gislaine Luvizão Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

Buscando reduzir o descarte inadequado ou oneroso de resíduos sólidos industriais, o setor da construção civil é apontado como área potencial para reutilizações. Nesse trabalho buscou-se estudar a areia descartada de fundição, estabilizando-a com adição de 4 teores de agente cimentante, visando verificar a possibilidade de sua aplicação sem causar a agressão ambiental. No decorrer do estudo optou-se pela substituição parcial da areia de fundição por pó de pedra. Após a caracterização dos materiais, realizou-se a dosagem por meio de testes, até obter-se uma mistura com as características desejadas, resultando em teores de substituição por pó de pedra de 25, 50 e 75%, combinados a teores de cimento de 5, 7, 9 e 11% e com umidade fixa de 11%. Realizada a moldagem e cura dos corpos de prova, verificou-se sua resistência à compressão simples e também análise química do extrato solubilizado do corpo de prova mais propenso a apresentar concentrações de agentes contaminantes acima do estabelecido em legislação. Os resultados indicaram que o teor de cimento somado ao teor de substituição de areia por pó de pedra tem forte influência na resistência à compressão simples. Além disso, concluiu-se que a porosidade também influi na resistência à compressão, por meio da relação porosidade/cimento obteve-se um modelo de cálculo (η/Civ) para estimativa do teor de cimento necessário para que se atinja determinada resistência. Com relação aos agentes contaminantes analisados, observou-se que apenas o parâmetro Fenóis Totais não atendeu a legislação.

Biografia do Autor

Lucas Quiocca Zampieri, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2012). Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Geotécnica. Mestre em Geotecnia pela UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul Atualmente, atuando como professor na Universidade do Oeste de Santa Catarina na área de mecânica dos solos, e também como engenheiro civil com foco na área de geotecnia e construção civil.
Publicado
13-09-2017
Como Citar
Zampieri, L. Q., Filipon, A. P., Nienov, F. A., & Luvizão, G. (2017). ESTABILIZAÇÃO DE UMA AREIA DE FUNDIÇÃO SUBSTITUÍDA PARCIALMENTE POR PÓ DE PEDRA E COM ADIÇÃO DE DIFERENTES TEORES DE AGENTE CIMENTANTE. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14294
Edição
Seção
Joaçaba - Pesquisa