LEITURA SPAD EM CULTIVARES DE CEVADA SEMEADOS EM RESTEVA DE SOJA E MILHO

Autores

  • jhenifer paula vivian Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Daiana Simone Luzzi Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Cristiano Reschke Lajús Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

O manejo das plantas de cobertura é outro fator que pode regular a permanência da palha na superfície do solo. Sabe-se que a relação C:N torna-se mais larga na medida que a planta se desenvolve. O objetivo desse estudo foi avaliar a leitura em SPAD em cultivares de cevada semeados em resteva de soja e milho. O experimento foi conduzido na área experimental da Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC) campus aproximado de Maravilha-SC.O delineamento experimental utilizado foi o Delineamento em Blocos Completos casualizados (DBC), em esquema de PSD (2x4), com três repetições, sendo que, na parcela principal foram alocados os resíduos e na sub-parcela às cultivares de cevada, sendo que os tratamentos foram os seguintes T1: BRS Elis com Resíduo de milho,T2: BRS Elis com Resíduo de soja,T3: ANA 01 com Resíduo de milho,T4: ANA 01 com Resíduo de soja,T5:BRS Quaranta com Resíduo de milho,T6: BRS Quaranta com Resíduo de soja,T7: BRS Korbel com Resíduo de milho,T8: BRS Korbel com Resíduo de soja. A ANOVA apresentou efeito significativo (P≤ 0,05) para a interação cultivares e resteva em relação à variável leitura SPAD. Na resteva de soja não houve diferença significativa na leitura SPAD, as quatro tiveram o mesmo índice de aproveitamento tanto a cultivar Ana, cultivar Elis, cultivar Quaranta e a cultivar Korbel. Na resteva de milho as cultivares Quaranta, Elis e Korbel, sendo estas que apresentaram um maior teor de clorofila de acordo com a leitura SPAD, e as mesmas não se diferiram na resteva da Soja.

Biografia do Autor

jhenifer paula vivian, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Acadêmica de Agronomia.

Daiana Simone Luzzi, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Academica de Agronomia

Cristiano Reschke Lajús, Universidade do Oeste de Santa Catarina

O ensino médio foi concluído no Colégio Marista ?São Francisco?, no município de Chapecó, SC, no ano de 1996. Engenheiro Agrônomo, formado em 02 de março de 2002 pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC), Chapecó, SC. Os cursos de Mestrado e Doutorado em Agronomia, área de concentração em Produção Vegetal, na Universidade de Passo Fundo foram concluídos em fevereiro de 2004 e outubro de 2010. Atualmente é Coordenador do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu Doutorado (DINTER) em Ciência e Engenharia de Materiais UFSCar/Unochapecó e professor do Mestrado em Tecnologia e Gestão da Inovação da Universidade Comunitária de Chapecó e da Universidade do Oeste de Santa Catarina. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Produção Vegetal e Agricultura de Precisão

Downloads

Publicado

13-09-2017

Como Citar

vivian, jhenifer paula, Luzzi, D. S., & Lajús, C. R. (2017). LEITURA SPAD EM CULTIVARES DE CEVADA SEMEADOS EM RESTEVA DE SOJA E MILHO. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14270

Edição

Seção

São Miguel do Oeste - Ensino