DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: AVALIAÇÃO DA PREVALÊNCIA NOS ALUNOS DO CURSO DE ODONTOLOGIA- UNOESC/JOAÇABA.

  • Léa Maria Franceschi Dallanora UNOESC
  • Analu Buzanello UNOESC

Resumo

O objetivo deste trabalho é correlacionar à ansiedade, o estresse e a DTM acompanhando os alunos de uma turma durante diferentes fases do curso de Odontologia da Universidade do Oeste de Santa Catarina- UNOESC. Esta em desenvolvimento um estudo longitudinal, com os alunos que iniciaram o curso em 2014/2, sendo excluídos da amostra os que não assinarem o TCLE, alunos repetentes ou que não estavam cursando integralmente o período no momento da avaliação. Os dados foram obtidos através do questionário: Critérios de Diagnóstico para Pesquisa das Desordens Temporomandibulares - RDC / TMD, Eixos I (somático) e II (psicológico) através de uma examinadora calibrada pelo índice Kappa. O exame clínico é composto por palpação muscular, articular e auscultação de ruídos na ATM. Os alunos foram avaliados durante os semestres do ano letivo de 2014/2, 2015/2 e 2016/2 e passarão por nova avaliação seguindo a mesma metodologia em 2017/02 e 2018/2, os dados obtidos foram organizados e submetidos à análise estatística. Os resultados relativos ao Eixo I não apresentaram significância estatística, mas pode- se observar o aumento no número de diagnósticos para dor miofascial ou dor miofascial com limitação de abertura comparando com o crescente desenvolvimento do curso, além disso, mais da metade da amostra relatou algum tipo de dor na 1° e 5° fase do curso. Diante dos resultados observados até o momento concluímos que o aumento da dor em determinados períodos do curso pode indicar sinais iniciais de DTM e possivelmente um nível de estresse maior nestas fases.

Biografia do Autor

Léa Maria Franceschi Dallanora, UNOESC
Léa Maria Franceschi Dallanora
Prof. Ms. Morfofisiologia I e II, Diagnóstico III, Clínica Integrada I ,II, e III
Curso Odontologia
Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Publicado
13-09-2017
Como Citar
Dallanora, L. M. F., & Buzanello, A. (2017). DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: AVALIAÇÃO DA PREVALÊNCIA NOS ALUNOS DO CURSO DE ODONTOLOGIA- UNOESC/JOAÇABA. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/14260
Edição
Seção
Joaçaba - Pesquisa