Cárcere e Trabalho

Autores

  • Eduardo Leonel
  • Mikaéla Costa de Lima
  • Natany Cúrcio
  • Claudete Correa dos Santos
  • Sayonara de Fátima Teston
  • Christiane Kleinübing Godoi

Resumo

O objetivo geral do estudo foi compreender o processo de aprendizagem de uma detenta empregada em uma empresa em funcionamento na instituição carcerária feminina de Florianópolis, Santa Catarina. Para tal, utilizou-se da abordagem qualitativa, com realização de entrevista em profundidade para coleta de dados. Foram abordados os temas: o cotidiano do trabalho na empresa, o processo de aprendizagem e relacionamentos interepessoais. Os processos foram analisados sob a ótica da teoria da biograficidade, que considera o processo educativo e a aprendizagem como fatores que podem ocorrer de várias maneiras e em múltiplos contextos. Concluiu-se que o cotidiano vivenciado pela detenta promoveu desenvolvimento de habilidades de liderança, de resolução de conflitos e de relacionamento, especialmente com colegas de trabalho. A pesquisa contribuiu para a aprendizagem dos pesquisadores acerca da teoria da biograficidade, bem como sobre os impasses que cercam o cotidiano do trabalho no cárcere e demostrou que há espaço para o desenvolvimento de novas pesquisas com estes temas.

Downloads

Publicado

13-09-2017

Como Citar

Leonel, E., Lima, M. C. de, Cúrcio, N., Santos, C. C. dos, Teston, S. de F., & Godoi, C. K. (2017). Cárcere e Trabalho. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/13739

Edição

Seção

Chapecó - Pesquisa