TREINAMENTO FUNCIONAL E MUSCULAÇÃO: EFEITOS SOBRE A APTIDÃO FÍSICA FUNCIONAL E FISIOLÓGICA DE PESSOAS COM MAIS DE 50 ANOS

  • Sandra Fachineto
  • Luiz Felipe Pinheiro de Barros

Resumo

O treinamento funcional e a musculação são duas modalidades importantes de
exercício que contribuem para melhorar a força e resistência muscular, a massa corporal
magra, a coordenação, velocidade e equilíbrio das pessoas. Objetivou-se analisar os
efeitos do treinamento funcional e musculação sobre a aptidão física funcional e
fisiológica de pessoas com mais de 50 anos. A amostra foi composta por 22 mulheres
divididas em dois grupos: o primeiro era formado por 13 pessoas com idade até 59 anos
e o segundo por 9 pessoas com idade acima dos 60 anos. Elas foram avaliadas antes e
após o programa de cinco meses de intervenção e realizaram medidas de peso e
estatura, circunferência de cintura, capacidade aeróbia, força muscular dos membros
superiores, força muscular de membros inferiores, flexibilidade, agilidade, equilíbrio,
pressão arterial sistólica, diastólica e frequência cardíaca de repouso. Os dados foram
analisados utilizando o programa estatístico computacional SPSS, versão 13.0. A
estatística descritiva (média e desvio padrão) foi usada para caracterizar a amostra e o
teste t pareado para analisar os dados de pré e pós-testes de um mesmo grupo. Os
resultados mostraram que para o grupo de até 59 anos houve diferenças
estatisticamente significativas (P≤0,05) para as variáveis de pressão arterial diastólica
(PAD), equilíbrio da perna direita, agilidade e força de membros inferiores. Com exceção
da força de membros superiores e flexibilidade, as demais variáveis tiveram seus valores
médios aumentados, embora não significativos. Já para o grupo de pessoas acima dos 60
anos as variáveis de capacidade aeróbia, agilidade e força de membros superiores
obtiveram diferença estatisticamente significativa (P≤0,05). Com exceção da
flexibilidade de membros inferiores e superior (braço esquerdo), as demais variáveis
tiveram seus valores médios aumentados, embora não significativos. Conclui-se que o
programa de exercício contribuiu positivamente para melhorar a aptidão física funcional
dos participantes de ambos os grupos, especialmente o equilíbrio, agilidade e força e
também para reduzir a PAD no grupo de até 59 anos.
Publicado
24-08-2016
Como Citar
Fachineto, S., & Barros, L. F. P. de. (2016). TREINAMENTO FUNCIONAL E MUSCULAÇÃO: EFEITOS SOBRE A APTIDÃO FÍSICA FUNCIONAL E FISIOLÓGICA DE PESSOAS COM MAIS DE 50 ANOS. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/11769
Edição
Seção
São Miguel do Oeste - Pesquisa