INVENTÁRIO PATRIMONIAL DA IGREJA SÃO MIGUEL ARCANJO, DE SÃO MIGUEL DO OESTE/SANTA CATARINA

  • Tuize Silva Rovere Hoff
  • Vanessa Caroline Pandolfo

Resumo

Esta pesquisa trata da realização do Inventário patrimonial histórico da Igreja São Miguel
Arcanjo, de São Miguel do Oeste, como forma de conhecimento e como movimento de educação e
preservação patrimonial. A preservação da memória através das edificações de uma cidade parte da
concepção da identidade regional, para registro da história de um povo por suas intervenções sobre
o espaço. O mecanismo utilizado para a reconstrução histórica de um bem arquitetônico é a coleta
de dados através de minucioso levantamento, levando em conta a edificação primitiva, sua época, os
materiais construtivos, além de intervenções sofridas ao longo do tempo. A sistematização e
catalogação destes dados chama-se inventário, sendo indispensável no processo de intervenção por
fornecer informações essenciais na condução de projetos arquitetônicos futuros e de políticas
públicas de preservação do bem e da identidade cultural nele contida, comprometendo, assim, o
poder público com as demandas culturais da sociedade. O prédio da Igreja Matriz São Miguel
Arcanjo, inaugurado na década de 1980, foi uma das maiores obras do estado em volume de
material, e passou a ser cartão postal do Município. Ainda hoje é o monumento arquitetônico que
primeiro representa a identidade migueloestina nacional e internacionalmente, e por isso configurase
em um importante bem material a ser preservado. A pesquisa foi desenvolvida a partir de
levantamento bibliográfico em torno do assunto Inventário e sobre a Igreja Matriz, buscando as
origens, história e tipologia da edificação. O segundo passo foi o levantamento de documentos
pertinentes à edificação, bem como o levantamento fotográfico e morfológico, materiais e técnicas
construtivas. As informações obtidas foram catalogadas através da elaboração de fichas cadastrais e
desenvolvidas neste artigo. A preservação de um bem material como a Igreja Matriz de São Miguel
do Oeste mostra-se de suma importância para a cidade e para seus habitantes, tendo em vista que a
preservação é uma aliada da história da cidade e da memória de um povo. O reconhecimento do
Inventário, visto como primeiro passo para a preservação, não possui ainda incentivos para um
legítimo cadastramento de dados, mas torna-se, a partir desse, de conhecimento de todos.
Publicado
24-08-2016
Como Citar
Hoff, T. S. R., & Pandolfo, V. C. (2016). INVENTÁRIO PATRIMONIAL DA IGREJA SÃO MIGUEL ARCANJO, DE SÃO MIGUEL DO OESTE/SANTA CATARINA. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/11739
Edição
Seção
São Miguel do Oeste - Pesquisa