ATIVIDADES INTEGRATIVAS COMO SUPERAÇÃO DA FRAGMENTAÇÃO DOS CONHECIMENTOS E DO HUMANO NOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM

  • Clenio Lago
  • Daniel Nunes

Resumo

A fragmentação do conhecimento está presente em toda a formação do indivíduo,
desde a educação básica ao ensino superior, na medida em que os conhecimentos são
ministrados isolados, desde suas especificidades para estas. Compreender como e porque esse
processo acontece é de fundamental importância para que possamos repensar a educação como
um todo. Diante disso o trabalho teve como objetivo responder os seguintes questionamentos:
Como vem sendo efetivadas as atividades integrativas no Curso de Licenciatura em Educação
Física da Unoesc? Quais seus objetivos, alcances, limites e perspectivas? Quais as compreensões,
fundamentos destes processos? Quais seus impactos nos processos formativos tanto dos
acadêmicos quanto dos professores que atuam no curso de Licenciatura da Unoesc de São
Miguel? A presente pesquisa é de cunho quali-quantitativa, contando com a participação de 05
professores, 25 acadêmicos e 10 egressos. Adotou se como critério de inclusão e exclusão, a
participação nas atividades integrativas realizada no curso, a assinatura do Termo de
Consentimento Livre e Esclarecido, bem como o fato de responder o questionário de forma
voluntária. É importante salientar que todos os questionários abordavam o tema “Atividades
Integrativas”, porém, as questões contidas se faziam diferentes para professores, acadêmicos e
egressos, por entender que estes possuem visões diferentes sobre o objeto de estudo. Embora
percebe-se o reconhecimento, por parte dos entrevistados, das atividades integrativas como
momento importante na formação do futuro docente, foi possível ter a percepção de que há
muito o que ser desenvolvido nas atividades para que estas possam evoluir no decorrer do
processo que visa a interdisciplinaridade no curso. No entanto, por meio das experiências
adquiridas durante a realização das atividades integrativas, estas possibilitaram uma ação
plausível em que os aspectos sensíveis e cognitivos foram instigados, proporcionando o
aprendizado de forma significativa, liberando o ser para pensar de forma mais crítica. Frente aos
questionamento feito aos egressos, os entrevistados ressaltaram o valor significativo que as
atividades integrativas agregaram a sua formação. Isto fica evidente quando comparamos as
respostas dos mesmos a dos acadêmicos que acreditam que integrar disciplinas e/ou conteúdos
podem auxiliar no processo de formação. Quanto aos professores, foi possível perceber que os
mesmos buscam tornar o processo de ensino e aprendizado mais diversificado, e visam
aproximar as disciplinas para que desta forma possa-se ter uma formação integral do futuro
docente. Desta forma pode-se considerar a integração como um momento de organização e
estudo dos conteúdos das disciplinas, também como uma etapa para a integração podendo
ocorrer somente em um regime de coparticipação e reciprocidade, sendo assim a integração é
uma etapa necessária para a interdisciplinaridade.
Publicado
24-08-2016
Como Citar
Lago, C., & Nunes, D. (2016). ATIVIDADES INTEGRATIVAS COMO SUPERAÇÃO DA FRAGMENTAÇÃO DOS CONHECIMENTOS E DO HUMANO NOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/11617
Edição
Seção
PIBIC- CNPq