O BRINQUEDO E O BRINCAR: CONFECÇÃO DE BONECOS TERAPÊUTICOS

  • Karine Schwaab Brustolin UNOESC CHAPECÓ
  • Sayonara de Fátima Teston Unoesc Chapecó
  • Dioneia Lang Machado Unoesc Chapecó.

Resumo

O curso de Psicologia da Unoesc Chapecó realizou uma oficina visando a elaboração e confecção de bonecos terapêuticos aos acadêmicos como uma Atividade Curricular Complementar. O brinquedo é um objeto facilitador do desenvolvimento das atividades lúdicas, podendo ser utilizado em diferentes contextos, tais como no brincar espontâneo, no momento ludodiagnóstico ou na ludoterapia. Na brincadeira a criança representa, cria, usa o faz de conta para entender a realidade que a cerca e vive o momento, criando dessa forma uma linguagem própria. A utilização do brinquedo, mais especificamente dos bonecos, permite a transferência de emoções da criança ao objeto, facilitando ao profissional iniciar e direcionar a terapia. A utilização do brinquedo terapêutico, baseia-se na estruturação da intenção em aliviar na criança, por exemplo, a ansiedade gerada algumas vezes por experiências incomuns relacionadas à sua idade. Assim, o uso do brinquedo vai além da simples recreação, transforma-se num instrumento de auxílio à terapia. O psicólogo utiliza o brinquedo direcionando-o à atividade de ludoterapia, que possibilita o afastamento do real incitando a auto-expressão, facilitando a descontração e proporcionando diversão. A oficina permitiu desenvolver esse material de apoio e a reflexão sobre a criatividade no exercício da profissão.

Biografia do Autor

Karine Schwaab Brustolin, UNOESC CHAPECÓ

Mestra em Ciências da Saúde

Área de Ciências da Saúde

Publicado
24-08-2016
Como Citar
Schwaab Brustolin, K., Teston, S. de F., & Lang Machado, D. (2016). O BRINQUEDO E O BRINCAR: CONFECÇÃO DE BONECOS TERAPÊUTICOS. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/11511
Edição
Seção
Chapecó - Ensino