COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DE SILAGEM DE MILHO DURANTE O PERÍODO DE UTILIZAÇÃO EM DIFERENTES NÍVEIS TECNOLÓGICOS

  • Gustavo Krahl Unoesc
  • Analu Mantovani Unoesc
  • Paloma Laís Pegoraro Unoesc

Resumo

Especialmente as forragens conservadas como feno ou silagem podem ter seu valor alimentício bastante alterado em razão dos procedimentos adotados para a sua produção e conservação, e dos fenômenos bioquímicos e microbiológicos que ocorrem no processo. O objetivo com este trabalho foi determinar a existência de variações na composição bromatológica e informações dos padrões de qualidade de silagem de milho em diferentes regiões do silo, durante o período de utilização, em propriedades com diferentes níveis tecnológicos. Independente do nível tecnológico adotado para a produção de silagem de milho existe grande variação na composição bromatológica e padrões de qualidade da silagem nas diferentes regiões do silo durante o período de utilização do volumoso. Os níveis de matéria seca e pH para ambas as propriedades, bem como o nível de proteína bruta para a propriedade com nível tecnológico limitado estão de acordo com valores preconizados para silagens de milho de boa qualidade
Publicado
24-08-2016
Como Citar
Krahl, G., Mantovani, A., & Pegoraro, P. L. (2016). COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DE SILAGEM DE MILHO DURANTE O PERÍODO DE UTILIZAÇÃO EM DIFERENTES NÍVEIS TECNOLÓGICOS. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/11503
Edição
Seção
Joaçaba - Pesquisa