O IMPACTO DO SUICÍDIO NO CONTEXTO FAMILIAR

  • Michele G. Lucas
  • Samantha L. Lorini
  • Ariane R. Santos
  • Jhonatan S. Silva

Resumo

O estágio básico III no curso de Psicologia, tem como foco principal a identificação das demandas psicológicas em diferentes contexto da comunidade. Optou-se por abordar o tema do suicídio no contexto familiar, pois é um assunto pouco debatido em diversas áreas, até mesmo na psicologia. O pequeno município onde foi realizada a pesquisa chamou atenção dos acadêmicos após um levantamento no cartório municipal onde constatou-se que dos anos de 2005 a 2016 trinta e nove (39) casos de suicídio foram registrados. Entender o impacto que essa morte causa no contexto familiar é algo relevante, pois, quando um ente da família morre gera uma grande repercussão em todo contexto familiar. Para atingir os objetivos do estudo foi realizado uma pesquisa qualitativa, onde contou com a observação do grupo de apoio aos familiares de vítimas do suicídio do município e também duas entrevistas semiestruturadas. Constatou-se que os famliares se sentem culpados por não terem percebido qualquer mudança de comportamento, o que condiz com a literatura pesquisada. Além disso, percebeu-se a importância do apoio aos familiares para que possam lidar com os sentimentos envolvidos em função do falecimento e do luto.
Palavras-chave: Teoria Sistêmica. Família. Suicídio.

Publicado
24-08-2016
Como Citar
Lucas, M. G., Lorini, S. L., Santos, A. R., & Silva, J. S. (2016). O IMPACTO DO SUICÍDIO NO CONTEXTO FAMILIAR. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/11490
Edição
Seção
Chapecó - Ensino