RESPOSTA DA INOCULAÇÃO DE SEMENTES DE MILHO COM AZOSPIRILLUM BRASILIENSIS EM DIFERENTES MANEJOS DE ADUBAÇÃO.

  • Mauricio Vicente Alves Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Matheus Henrique Barreta
  • Ademir Fiorese Junior
  • Jaqueline Gaio Spricigo
  • Camila Ranzi
  • Cristiano Nunes Nesi
  • Andressa Chagas
  • Gabriela Naibo

Resumo

A cultura do milho representa grande parte da produção de grãos mundial, sendo sua produtividade relacionada de forma direta com a quantidade de nitrogênio (N) fornecida, pois o N é o nutriente que mais limita a expressão do potencial da cultura. Com o objetivo de avaliar o efeito da inoculação de Azospirillum brasiliensis na cultura do milho, o experimento foi conduzido no município de Abelardo Luz, SC, no ano agrícola de 2014∕2015. Os tratamentos foram dispostos em um delineamento de blocos casualizados, onde foram realizados sete tratamentos com quatro repetições: T1: semeadura apenas com superfosfato-triplo (STF) 230 kg/ha, T2: semeadura com DAP 230 kg/ha na base e N na cobertura 220 kg/ha em V4 e 220 kg/ha em V8, T3: semeadura com inoculante mais DAP 230 kg/ha na base, T4: semeadura com inoculante mais DAP 230 kg/ha na base mais N na cobertura 220 kg/ha em V4 e 220 kg/ha em V8, T5: semeadura com inoculante mais STF 230 kg/ha na base, T6: semeadura com inoculante mais STF 230 kg/ha na base e N na cobertura 220 kg/ha em V4 e 220 kg/ha em V8, T7: semeadura com STF 230 kg/ha na base e N a na cobertura 220 kg/ha em V4 e 220 kg/ha em V8. Os dados foram submetidos a análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Scott-Knott a 5% de significância. Os resultados comprovaram a eficiência da bactéria Azospirillum brasilense na cultura, observando aumento da lucratividade utilizando ela consorciada com adubação de N tanto na base quanto em cobertura ou quando utilizado unicamente a bactéria como forma de suprir a necessidade de N para a planta.
Publicado
24-08-2016
Como Citar
Alves, M. V., Barreta, M. H., Fiorese Junior, A., Spricigo, J. G., Ranzi, C., Nesi, C. N., Chagas, A., & Naibo, G. (2016). RESPOSTA DA INOCULAÇÃO DE SEMENTES DE MILHO COM AZOSPIRILLUM BRASILIENSIS EM DIFERENTES MANEJOS DE ADUBAÇÃO. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/11388
Edição
Seção
Xanxerê - Pesquisa