IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE PONTOS DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA SUPERFICIAIS EM ÁREAS RURAIS DO MUNICÍPIO DE VIDEIRA-SC

  • Carla Suntti Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Mauricio Perazolli
  • Rafael Favretto
  • Cassiane Azevedo Camargo

Resumo

Entre os usos prioritários para a água está a dessedentação humana e animal. Na área rural o método para obtenção de água é através de nascentes ou poços artesianos. Foi feito um estudo em 2015 no município de Videira/SC para avaliar a qualidade microbiológica e físico-química da água de 13 nascentes em propriedades da área rural, das quais a água era utilizada para consumo humano. Para tal foi utilizado o Índice de Qualidade da Água – IQA, que permite a classificação da água em ótima qualidade (100 pontos) a péssima (0 pontos). As análises foram realizadas por meio de amostras coletadas de junho a novembro de 2015, onde se avaliaram nascentes com sistema caxambu e poços escavados. Das amostras, 12 obtiveram qualidade boa e uma ficou com ótima qualidade. As variações entre as amostras estudadas foram grandes, o que provavelmente se deu devido a disposição geográfica dos pontos, do tipo de fonte utilizada (poço escavado ou caxambu), e das características ambientais encontradas. Os parâmetros que mais influenciaram o IQA foram: pH, coliformes fecais, fósforo, sólidos totais e oxigênio dissolvido. Pelos resultados analisados percebe-se que poderia haver uma melhor qualidade destas águas, principalmente nos padrões microbiológicos. A utilização de técnicas inadequadas no manejo das nascentes e atividades antrópicas ao entorno são fatores proponderantes na qualidade destas águas. Promover a preservação de mata ciliar e o isolamento das áreas de nascentes, bem como evitar o escoamento superficial são as soluções apresentadas para recuperação destas fontes de água. Palavras-chave: Nascentes. Sistema caxambu. Índice de qualidade da água.

Biografia do Autor

Carla Suntti, Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Mestre em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Santa Catarina. Coordenadora do Curso de Engenharia Química. Professora da Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC, Campus Videira.
Publicado
24-08-2016
Como Citar
Suntti, C., Perazolli, M., Favretto, R., & Camargo, C. A. (2016). IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE PONTOS DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA SUPERFICIAIS EM ÁREAS RURAIS DO MUNICÍPIO DE VIDEIRA-SC. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/11379
Edição
Seção
Videira - Pesquisa