INVESTIGAÇÃO DO POTENCIAL MUTAGÊNICO/CARCINOGÊNICO E EXPRESSÃO DA PROTEINA P53 EM ANIMAIS SUBMETIDOS AO TRATAMENTO COM GLIFOSATO E TROP®

  • Claudriana Locatelli UNOESC
  • Camila Alexandra Anssolin Luchese Curso de Farmácia - UNOESC
  • Vilmair Zancanaro Mestranda do Curso de Ciência e Biotecnologia - UNOESC
  • César Milton Baratto Prof. Dr. Pesquisador do Programa de Pós Graduação em Ciência e Biotecnologia - UNOESC, Campus Videira

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi investigar o potencial mutagênico e carcinogênico e a expressão da proteína p53 em animais submetidos ao tratamento com glifosato e Trop®. Foram utilizados camundongos machos albinos Swiss separados em 5 grupos (n=6) onde foram administradas: grupo controle (C) solução salina, glifosato, G50 e G200 receberam respectivamente 50 e 200 mg/Kg de glifosato e grupo TROP®, T50 e T200 receberam respectivamente o equivalente à 50 e 200 mg/Kg de glifosato da solução comercial TROP® . Os animais foram pesados no início e no final do tratamento, 48h após a última administração foram anestesiados e sacrificados, o sangue periférico,  a medula óssea, o fígado, rim e pulmão foram coletados. No sangue periférico e medula óssea foi determinado a quantida de micronúcleos presentes através da técnica descrita por Schmid (1975). A expressão do gene e proteína p53, foi avaliada no fígado, rim e pulmão através da técnica de PCR e Western Blotting respectivamente. Os resultados mostraram uma diminuição significativa de peso tanto nos animais que foram expostos ao glifosato quanto ao Trop® no tratamento de 5 dias e 10 dias.  No teste do micronúcleo, a diferença significativa encontrada entre os grupos de 5 e 10 dias evidencia a presença de substâncias e ou condições ambientais com potencial genotóxico. Na p53 evidenviou-se uma alteração significativa em todos os órgãos estudados. Estes dados mostram que independente do surfactante o glifosato apresenta potencial tóxico o qual pode estar associado ao desenvolvimento de câncer.

Biografia do Autor

Claudriana Locatelli, UNOESC
Prof. Dr. UNOESC Capus Videira do Curso de Farmácia
Camila Alexandra Anssolin Luchese, Curso de Farmácia - UNOESC
Aluna do Curso de Graduação em Farmácia
Vilmair Zancanaro, Mestranda do Curso de Ciência e Biotecnologia - UNOESC
Professora do Curso de Farmácia da UNIARP; mestranda do Programa de Pós Graduação em Ciência e Biotecnologia - UNOESC Camus Videira
César Milton Baratto, Prof. Dr. Pesquisador do Programa de Pós Graduação em Ciência e Biotecnologia - UNOESC, Campus Videira
Professor e Pesquisador do Programa de Pós Graduação em Ciência e Biotecnologia  - UNOESC, Campus Videira
Publicado
24-08-2016
Como Citar
Locatelli, C., Luchese, C. A. A., Zancanaro, V., & Baratto, C. M. (2016). INVESTIGAÇÃO DO POTENCIAL MUTAGÊNICO/CARCINOGÊNICO E EXPRESSÃO DA PROTEINA P53 EM ANIMAIS SUBMETIDOS AO TRATAMENTO COM GLIFOSATO E TROP®. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/11352
Edição
Seção
PIBIC- CNPq