ESPAÇO PÚBLICO E SUBJETIVIDADES: DESENVOLVIMENTO E CAPACIDADES EM AMARTYA SEN E MARTHA NUSSBAUM

  • Cristhian Magnus De Marco Doutor, Professor Unoesc
  • Sumara Bueno Unoesc - Chapecó

Resumo

A presente pesquisa versa sobre a teoria das capacidades de Amartya Sen e de Martha Nussbaum. É possível perceber dois diferentes pontos de vista sobre o mesmo enfoque.  Martha Nussbaum, em sua abordagem, defende que deve ser utilizada a teoria das capacidades como base para os princípios fundamentais em países em desenvolvimento, por outro lado, Amartya Sen defende que a capacidade de uma pessoa consiste nas combinações alternativas de funcionamentos, que são as coisas que uma pessoa considera relevante ter ou fazer, cuja realização é factível para a pessoa.  Assim sendo, a capacidade é a liberdade de realizar vários tipos de funcionamentos, elegendo aquilo que é de maior valor para levar o tipo de vida que deseja. As análises foram realizadas sob uma perspectiva filosófica, histórica e jurídica tendo por base dois estudos de um mesmo assunto. A presente pesquisa foi desenvolvida pelo método qualitativo, mediante a realização de consultas em sites especializados, livros, artigos completos publicados em periódicos entre elementos textuais

Biografia do Autor

Cristhian Magnus De Marco, Doutor, Professor Unoesc

Professor e pesquisador da Universidade do Oeste de Santa Catarina. Mestre em Instituições Jurídico-Políticas pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Doutor em Fundamentos Constitucionais do Direito Público e do Direito Privado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUC/RS.

Sumara Bueno, Unoesc - Chapecó
Graduanda em Direito.
Publicado
24-08-2016
Como Citar
De Marco, C. M., & Bueno, S. (2016). ESPAÇO PÚBLICO E SUBJETIVIDADES: DESENVOLVIMENTO E CAPACIDADES EM AMARTYA SEN E MARTHA NUSSBAUM. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/11317
Edição
Seção
Chapecó - Pesquisa