RELATO DE EXPERIÊNCIA: A PARTICIPAÇÃO NUM PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

  • Ana Paula Ariotti

Resumo

A iniciação científica é como um processo no qual é fornecido o conjunto de conhecimentos indispensáveis para iniciar o jovem nos ritos, técnicas e tradições da ciência. Foram planejadas, durante o processo de iniciação científica atividades de educação em saúde que buscaram promover a alimentação saudável de portadores de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), tendo como ferramenta a educação alimentar e nutricional. Este artigo objetiva-se a relatar a experiência vivenciada em um projeto. Inicialmente, foram planejadas palestrascom intuito de apresentar às pessoas assuntos relacionados às DCNT: diabetes, hipertensão e obesidade. Posteriormente, foram criadas oficinas culinárias com o intuito de fornecer aos participantes do grupo alternativas para a elaboração de preparações com baixo teor de gordura e açúcar e alto teor de fibras, práticas de serem preparadas e com custo acessível. Por fim, durante o processo de iniciação científica, foram elaboradas um total de 25 Fichas Técnicas de Preparo de todas as preparações das oficinas culinárias. Concluiu-se que o estudante que participa de iniciação científica diferencia-se do estudante regular, pois tem a chance de se entender precocemente como a ciência pode ser utilizada em favor da promoção da saúde. Palavras-chave: Educação Nutricional, Doenças Crônicas Não Transmissíveis, Fichas Técnicas.
Publicado
24-08-2016
Como Citar
Ariotti, A. P. (2016). RELATO DE EXPERIÊNCIA: A PARTICIPAÇÃO NUM PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/11206
Edição
Seção
Videira - Pesquisa