TRAVESTI E PROSTITUIÇÃO: UMA ESCOLHA OU NECESSIDADE?

  • Fábio Augusto Lise Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Vinícius Fortes Gonzatti Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC

Resumo

A sexualidade ainda é um tema conflituoso por estar ligado a um “tabu” complexo e cheio de ideologias e preconceitos. A relevância social desta pesquisa situa-se na elaboração de uma reflexão sobre o preconceito direcionado as travestis, objetivando contribuir para a diminuição da violência contra esta população. Sendo assim, esta pesquisa trás como objetivo: compreender os fatores desencadeantes para atuação de travestis como profissional do sexo. Este será um estudo qualitativo descritivo, onde serão convidadas a participar da pesquisa dez travestis que se prostituem ou que se prostituiram em algum momento da sua história de vida. O convite para participação na pesquisa será realizado através do método bola de neve ou snowball. A coleta de dados se dará através de entrevistas semiestruturadas. Para a realização da análise dos dados será utilizado à técnica Análise de Conteúdo. Essa pesquisa será de risco mínimo, pois não realizará nenhuma intervenção ou modificação fisiológica, psicológica ou social nas participantes. Ao aceitarem participar da pesquisa, todas as participantes deveram assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE) e o Termo de Autorização de Uso de Imagem, pois todas as entrevistas serão áudio gravadas.
Publicado
24-08-2016
Como Citar
Lise, F. A., & Gonzatti, V. F. (2016). TRAVESTI E PROSTITUIÇÃO: UMA ESCOLHA OU NECESSIDADE?. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/10970
Edição
Seção
Xanxerê - Ensino