DESEMPENHO DE BEZERROS HOLANDESES NA FASE DE ALEITAMENTO ALIMENTADOS COM DIFERENTES FORMAS FÍSICAS DE CONCENTRADO

  • Letieri Griebler Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Cristiano Paludo

Resumo

A fase de cria e recria de bezerros é fundamental para o sucesso na atividade de bovinocultura de leite. Com isso, o presente trabalho avaliou o efeito de diferentes formas físicas de alimentos concentrados no desempenho de bezerros da raça Holandesa, durante a fase de aleitamento. Para a realização do experimento foram utilizados seis bezerros leiteiros (machos e fêmeas), divididos em dois tratamentos: CF - concentrado farelado e CP - concentrado peletizado, com duração de 90 dias de avaliação. Em ambos os tratamentos, os bezerros foram alimentados com leite, e aos 35 dias de vida dos animais foi incluído na dieta o fornecimento ad libitum de feno de azevém. Os animais foram pesados semanalmente para acompanhamento do ganho de peso, com a utilização de fita métrica. Amostras dos alimentos concentrados (peletizado e farelado) e do feno foram coletados para análises da composição química, como matéria seca total, proteína bruta, extrato etéreo e energia bruta. A partir da coleta de dados e das análises estatísticas, verificou-se que não houve efeito (P>0,05) do tratamento no ganho médio diário dos animais. É possível inferir que a inclusão de diferentes formas físicas de concentrado na alimentação de bezerros leiteiros na fase de aleitamento não interfere no ganho de peso médio diário dos animais. Palavras-chave: Farelada. Ganho de peso. Peletizada
Publicado
24-08-2016
Como Citar
Griebler, L., & Paludo, C. (2016). DESEMPENHO DE BEZERROS HOLANDESES NA FASE DE ALEITAMENTO ALIMENTADOS COM DIFERENTES FORMAS FÍSICAS DE CONCENTRADO. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/10804
Edição
Seção
Xanxerê - Pesquisa